Repositório Digital

A- A A+

Prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares entre sete e 10 anos de idade da Rede Municipal de Porto Alegre-RS

.

Prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares entre sete e 10 anos de idade da Rede Municipal de Porto Alegre-RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência de sobrepeso e obesidade em escolares entre sete e 10 anos de idade da Rede Municipal de Porto Alegre-RS
Autor Nogueira, Rossana Candiota
Orientador Meyer, Flavia
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Criança
Nutrição
Sobrepeso
Resumo O objetivo deste estudo epidemiológico foi verificar o estado nutricional e o grau de atividade física em escolares da rede municipal da cidade de Porto Alegre – RS. Foi avaliado um total de 1512 meninos e meninas entre sete e 10 anos de idade. Foi utilizado o método de amostragem por conglomerados, abrangendo as quatro regiões da cidade, sendo sorteadas 10 escolas e avaliados os escolares dessas escolas. A amostra foi composta por 714 meninos (47,2%) e 798 meninas (52,8%). Uma equipe de educadores físicos e nutricionistas, previamente treinados, avaliaram a massa corpórea, estatura, perímetros de abdômen e braquial e espessuras de cinco dobras cutâneas. Foi utilizado um questionário auto-aplicável de nível de atividade física. Para a determinação do estado nutricional foi utilizado o valor do IMC por idade e sexo sendo que os percentis 85 e 95, respectivamente classificavam como sobrepeso e obesidade (CDC, 2000). As prevalências de sobrepeso e obesidade foram, respectivamente, 14,2% e 11,2%. A prevalência de sobrepeso para os meninos foi de 11,5% (entre 11,0% e 12,2%) e para as meninas, 17,2% (entre 11,0% e 19,2%). A obesidade foi prevalente em 12,0% dos meninos (entre 10,4% e 14,2%) e em 11,8% das meninas (entre 5,1% a 13,3%), respectivamente. Ao analisarmos as medidas de dobras cutâneas e perímetros, verificamos que os valores são bem similares entre os grupos. As meninas apresentaram maior frequência de sedentarismo comparado aos meninos (49,1% e 30,8%, respectivamente). Em conclusão, a cidade de Porto Alegre apresenta um preocupante índice de escolares da rede municipal sobrepesados e obesos, além de elevado índice de sedentarismo, corroborando com outros estudos realizados no país.
Abstract The purpose of this epidemiological study was to verify the nutritional status and physical activity’s degree in network school city of Porto Alegre – RS. One thousand five hundred and twelve children (7-10 years old) were evaluated. The sample was composed by 714 boys (47.2%) and 798 girls (52.8%), which were matched by conglomerates, covering four regions of the city, being per draw 10 schools where the children used to study. A team of physical educators and nutritionists, previously trained in the collection procedures, assessed the weigth, stature, abdomen and arm circumference and five skinfold thickness. An auto-apply questionnaire was used to measure physical activity level. Nutritional status was determined using the IMC by age and sex values, and children were classified as overweight and obesity when it was between 85 and 95 percentiles, respectively (CDC, 2000). The prevalence of overweight and obesity was 14.2% and 11.2%, respectively. The prevalence of overweight for boys were 11.5% (from 11.0% and 12.2%) and girls were 17.2% (from 11.0% and 19.2%). Obesity was prevalent in 12.0% of boys (between 10.4% and 14.2%) and 11.8 per cent of girls (between 5.1% and 13.3%) respectively. The results showed that skinfolds values were similar among the groups. Girls have presented higher frequency of lack of exercise compared to boys (49.1% and 30.8% respectively). In conclusion, the city of Porto Alegre presented a high index of overweight and obese children, in addition to high level of physical inactivity, as already with other studies in the country. Thus, strategies to improve nutritional status as physical level between children must be employed in order to counteract the prevalence of obesity in this population.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/21085
Arquivos Descrição Formato
000735851.pdf (279.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.