Repositório Digital

A- A A+

Placar e a produção de uma representação de futebol moderno

.

Placar e a produção de uma representação de futebol moderno

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Placar e a produção de uma representação de futebol moderno
Autor Saldanha, Renato Machado
Orientador Goellner, Silvana Vilodre
Data 2009
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Antropologia social
Futebol : Aspectos sociais
História
Marketing esportivo
Revistas
[en] Cultural studies
[en] Media
[en] Soccer
[en] Social representations
[es] Estudios culturales
[es] Fútbol
[es] Medios de comunicación
[es] Representaciones sociales
Resumo Esta dissertação trata das representações produzidas e veiculadas pela mídia sobre o futebol. A partir do aporte teórico dos Estudos Culturais, em sua vertente pós-estruturalista, busco analisar a construção de uma representação de futebol moderno na Revista Placar, da Editora Abril, o mais importante periódico esportivo brasileiro. Para isso, concentro meu estudo nas edições publicadas entre abril de 1995 e março de 1999, período imediatamente posterior a uma profunda reforma editorial, na qual revista adotou o lema “Futebol, Sexo & Rock and Roll”. O exame desse material me permite afirmar que, a representação de futebol moderno produzida pela revista naquele momento gira em torno de três eixos principais: 1) a gestão moderna: onde valores empresariais são incorporados e o futebol é administrado como um negócio que objetiva, direta ou indiretamente, ao lucro financeiro; 2) o torcedor moderno: entendido como um consumidor, distanciado no estádio de seus pares e da própria partida, e com sua relação com o clube dessacralizada; e, finalmente, 3) o jogador moderno: pensado e produzido cientificamente, e preocupado em vender bem sua imagem. Por fim, concluo refletindo sobre os pontos de contato e articulação entre estes três eixos.
Abstract This dissertation is about those football representations produced and spread by the media. Starting from the theoretical contribution of the Cultural Studies, in their post-structuralist side, I aim to analyse the construction of a representation of modern football in the Placar magazine, from the Abril publishing house, the most important Brazilian sports paper. In order to do so, I focus my study on those editions issued between April 1995 and March 1999, being this the right off subsequent period to an editorial deep reform in which the magazine adopted the “Football, Sex & Rock and Roll” motto. The study of this material allows me to assert that the representation of modern football produced by the magazine at that time revolves around three main points: 1) modern management: where business values are introduced and football is managed as a business that, directly or indirectly, leads to financial profit; 2) the modern supporter: taken as a consumer, set aside in the stadium from the other supporters and from the match itself, and with their demystified relationship with the club; and, finally, 3) the modern player: scientifically thought and produced and concerned about selling his own image appropriately. Finally, I conclude reflecting about the contact and articulation among these three main points.
Resumen Esta disertación trata de las representaciones producidas y vehiculadas por los medios de comunicación sobre el fútbol. A partir del aporte teórico de los Estudios Culturales, en su vertiente pos-estructuralista, busco analizar la construcción de una representación de fútbol moderno en la revista Placar, de la Editorial Abril, la publicación deportiva brasileña más importante. Para ello, concentro mi estudio en las ediciones publicadas entre abril de 1995 y marzo de 1999, período inmediatamente posterior a una profunda reforma editorial, en la cual la revista adoptó el lema “Fútbol, Sexo & Rock and Roll”. El examen de este material me permite afirmar que, la representación del fútbol moderno producida por la revista en aquel momento, gira en torno a tres ejes principales: 1) la gestión moderna: donde se incorporan los valores empresariales y el fútbol es administrado como un negocio que conduce, directa o indirectamente, al lucro financiero; 2) el hincha moderno: entendido como un consumidor, distanciado en el estadio de los demás seguidores y del propio partido, y con su relación con el club desacralizada; y, finalmente, 3) el jugador moderno: pensado y producido científicamente, y preocupado por vender bien su imagen. Por fin, concluyo reflexionando sobre los puntos de contacto y articulación entre estos tres ejes.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/21358
Arquivos Descrição Formato
000737488.pdf (1.704Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.