Repositório Digital

A- A A+

Risco : microprocessador RISC CMOS de 32 bits

.

Risco : microprocessador RISC CMOS de 32 bits

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Risco : microprocessador RISC CMOS de 32 bits
Outro título Risco - a 32-bit CMOS RISC microprocessor
Autor Junqueira, Alexandre Ambrozi
Orientador Susin, Altamiro Amadeu
Data 1993
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Informática. Curso de Pós-Graduação em Ciência da Computação.
Assunto Arquitetura : Microprocessadores
Arquitetura : Processadores
Arquitetura risc
Microeletronica
Microprocessadores
[en] Architecture
[en] Design
[en] Integrated circuits
[en] Microprocessors
[en] Processors
[en] RISC
[en] VLSI
Resumo Este trabalho apresenta o estudo, a definição e a simulação elétrica e lógica de um microprocessador CMOS de 32 bits, com arquitetura tipo RISC - o Risco. Dentre as principais características do Risco destacam-se: dados, instruções e endereços são palavras de 32 bits; a unidade de endereçamento é a palavra, permitindo um acesso a 4 Giga palavras (16 Gbytes); a comunição com a memória é feita por um barramento multiplexado de 32 bits para dados e endereços; possui 32 registradores de 32 bits, incluídos nestes o contador de programa, o apontador de pilha, a palavra de status do processador e um registrador constante zero; possui um pipeline de instruções de 3 estágios, atingindo no pico de execução uma instrução por ciclo de máquina; e as instruções de salto têm sua execução retardada de uma instrução. A Arquitetura de Computadores é analisada, em especial as Arquiteturas RISC (Reduced Instruction Set Computer - Processador com Conjunto de Instruções Reduzido) e CISC (Complex...), mostrando suas características e comparando-as. Algumas máquinas RISC importantes são vistas e o tema de Arquiteturas VLSI e suas implicações tecnológicas no projeto também é abordado. A arquitetura do Risco é descrita dando-se ênfase aos objetivos do projeto e construindo uma visão geral do processador. O tratamento de exceções é apresentado e o conjunto de instruções é analisado quanto ao formato, aos tipos e ao processamento no pipeline. A organização interna do Risco 6 tratada em detalhes, descrevendo-se a Parte Operativa (barramentos, o banco de registradores, a unidade de tratamento da constante, o contador de programa e incrementador associado, a unidade lógico-aritmética, a unidade de deslocamento/rotação) e a Parte de Controle to funcionamento do pipeline de instrug6es, a decodificação, o autômato de controle, a geração e a validação dos comandos). A simulação funcional do Risco, feita em HDC, também é reportada, incluindo o modelamento, os vetores de testa e os resultados. A implementação do Risco é discutida enfatizando-se alguns blocos críticos quanto A Área e ao desempenho. Os barramentos e o banco de registradores, a ULA e a unidade de deslocamento/rotação são estudados em detalhes pela sua importância no desempenho da maquina. Um teste chip contendo a maior parte dos blocos funcionais da parte operativa foi construído, tendo sido aprovado nos testes funcionais. Por fim, faz-se comentários sobre os resultados obtidos, os problemas encontrados e as etapas futuras no desenvolvimento do Risco, alem de serem expostas as conclusões finais.
Abstract This work presents the study, the definition, the electric and logic simulation, and the implementation of some blocks of a 32-bit CMOS microprocessor, with RISC architecture - the Risco. Among Risco's main characteristics it is highlighted that data, instructions and addresses are 32-bit words; the address unit is the word, allowing an access to 4-Giga words (16 GBytes); communication with memory is made through a data and address bus of 32 bits; it has 32 registers of 32 bits, including program counter, stack pointer, processor status word, and a zero constant register; it also has an instruction pipeline of three stages, fully capable of issuing one instruction at the execution peak per every machine cycle; and control flow instructions are implemnted as delayed branches. A study on computer architecture is carried out, and special attention is given to the RISC (Reduced Instruction Set Computer) and CISC (Complex...) architectures by means of making comparisons between them, showing their main characteristics and listing some important RISC machines. The VLSI architectures are also discussed, giving emphasis to their technological importance for the Risco's project. Risco's architecture is described, bringing into prominence the aims of the project and an overview of the processor. Exception handling is presented and the instruction set is analysed with regard to format, type and pipeline processing. Risco's internal organization is dealt with in detail, providing descriptions of the data path (buses, register bank, constant unit, program counter and associated incrementer, barrel shifter) and of the control part (operation of pipeline instruction, as well as decodification, control automaton, generation and validation of commands). Risco's functional simulation, through HDC, is mentioned, including modeling, test vectors, and results. Risco's implementation is also discussed giving emphasis to some critical blocks in regard to area and performance. Buses, register bank, arithmetic-logic unit, and barrel shifter are dealt with in detail because of their importance concerning the machine performance. A test-chip, containing most of the functional blocks of the data path, was made and successfully passed the functional tests. Finally, some comments are made with regard to results, main problems, and next stages in the development of Risco.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/21530
Arquivos Descrição Formato
000250723.pdf (13.16Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir
000250723-02.pdf (17.68Mb) Anexos Adobe PDF Visualizar/abrir
000250723.zip (30.85Mb) Trabalho completo zipado Arquivo ZIP Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.