Repositório Digital

A- A A+

Uma Busca pelas causas genéticas de agenesias dentárias não sindrômicas

.

Uma Busca pelas causas genéticas de agenesias dentárias não sindrômicas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Uma Busca pelas causas genéticas de agenesias dentárias não sindrômicas
Autor Braga, Tatiana da Silva
Orientador Mundstock, Carlos Alberto
Co-orientador Bortolini, Maria Cátira
Paixão Côrtes, Vanessa Rodrigues
Data 2009
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Odontologia. Curso de Especialização em Ortodontia.
Assunto Anodontia
Dentes : Anomalias
Genética
Ortodontia
[en] Genetics
[en] MSX1 gene
[en] Orthodontics
[en] PAX9 gene
[en] Tooth agenesis
Resumo A agenesia dentária é uma das anomalias do desenvolvimento dentário mais comum em humanos. No entanto, sua etiologia permanece desconhecida. A agenesia pode ocorrer como parte de uma síndrome ou pode estar presente em um padrão familiar isolado, sendo sua freqüência variável nas populações humanas. Estudos em nível molecular têm sido realizados a fim de se determinar suas causas. Os genes MSX1 e PAX9 possuem um papel importante no desenvolvimento craniofacial, incluindo na formação dos dentes. Mutações nos genes PAX9 e MSX1 já foram descritas como responsáveis por alguns tipos de agenesia dentária em humanos. Os objetivos do presente estudo foram: 1) Analisar a freqüência da agenesia dentária em pacientes submetidos a tratamento ortodôntico do Curso de Especialização da Faculdade de Odontologia da UFRGS e de consultório particular; 2) Identificar mutações na região codificadora do gene PAX9 (exons, 2 3 e 4) e verificar se as mesmas estariam associadas à agenesia observada; 3) Verificar a existência de mutações no exon 2 do gene MSX1 e se estas estão associadas à agenesia nos pacientes. Os dados relativos a 360 pacientes foram coletados quanto à presença ou não de agenesia. Destes 360 pacientes, 35 participaram do estudo do PAX9 e 23 do estudo do MSX1, através da coleta de saliva para análise do DNA. Os dentes que apresentaram maior freqüência de agenesia, excluindo os terceiros molares, foram os pré-molares inferiores e os incisivos laterais superiores. Na amostra não foram encontradas diferenças significativas, entre os gêneros e entre brancos e negros, quando observou-se a freqüência da agenesia em relação aos grupos dentários. Entretanto, quando analisou-se a freqüência dos dentes individualmente, diferenças significativas foram encontradas ao incluir os terceiros molares no cálculo da freqüência. Mutações encontradas no exon 3 do gene PAX9 e no exon 2 do gene MSX1 devem estar contribuindo para o fenótipo de agenesia dentária de diferentes tipos, assim como outros genes da rede da odontogênese, conhecidos e desconhecidos e fatores epigenéticos devem também estar influenciando o processo de desenvolvimento dentário.
Abstract Tooth agenesis is one of the commom anomalies of dental development in humans, however, its etiology remains unknown. Agenesis may occur as part of a syndrome or may be present in an isolated familiar pattern and its frequency is variable in human population. Studies have been conducted in order to determine the causes of tooth agenesis at the molecular level. Genes MSX1 and PAX9 have an important role during the craniofacial development period. Mutations in the genes MSX1 and PAX9 might be responsible for some types of tooth agenesis in human beings. The objectives of the present study were: 1) to analyze the frequency of tooth agenesis in patients undergoing orthodontic treatment at the Orthodontic Program of the Federal University of Rio Grande do Sul, UFRGS and private practice, 2) to identify mutations in coding region of the PAX9 (exons 2, 3 e 4) and to verify if they are associated with agenesis ; 3) to verify the existence of mutations in exon 2 of the MSX1 gene and to check if these are associated with tooth agenesis. Data from 360 patients were collected regarding the presence or absence of tooth agenesis. From these 360 patients, only 35 participated in the PAX9 study and 23 in the MSX1 study, selected by saliva analysis for DNA. The higher frequency of tooth agenesis, excluding third molars were lower premolars and upper lateral incisors. In the studied sample there were no statistically significant differences between genders and white or black people, when observing the frequency of tooth agenesis in relation to dental groups. However, when analyzing the frequency of teeth individually, statistically significant differences were found when the third molars were included in the frequency calculation. The mutations found in exon 3 of PAX9 and exon 2 of MSX1 genes contribute to tooth agenesis phenotype of different tooth groups, as well as others genes of the odontogenesis network, that are known and unknown,and epigenetic factors must also be influencing the process of tooth development.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/21593
Arquivos Descrição Formato
000738394.pdf (1.605Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.