Repositório Digital

A- A A+

Interação inseto-planta e suas implicações no manejo integrado de pragas

.

Interação inseto-planta e suas implicações no manejo integrado de pragas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Interação inseto-planta e suas implicações no manejo integrado de pragas
Outro título Insect-plant interactions and its implications for integrated pest management
Autor Machado, Rita de Cássia de Melo
Orientador Sant'Ana, Josue
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Agronomia. Tecnologias Inovadoras no Manejo Integrado de Pragas e Doenças de Plantas.
Assunto Inseto
Manejo integrado
Praga de planta
Resumo A agricultura é uma atividade que causa impacto ambiental, decorrente principalmente da substituição de uma vegetação naturalmente adaptada por outra que exige a contenção do processo de sucessão natural, bem como ações que impeçam o desenvolvimento de organismos que ocorreriam naturalmente no ambiente original, ocasionando o surgimento de problemas fitossanitários, relacionados, principalmente, a ocorrência de pragas e doenças. Dentre as pragas, se destacam os insetos, estes são muito bem sucedidos, habitam praticamente todos os ambientes e se adaptam facilmente às diversidades ambientais, são muito importantes na agricultura, podendo ter ação benéfica ou podem também ser responsáveis por perdas consideráveis na produção, existindo assim a necessidade de controle destes organismos. Atualmente, as práticas de controle resultam, principalmente, na utilização de agrotóxicos, ocasionando riscos ao meio ambiente e à saúde humana. Uma alternativa para o uso indiscriminado de inseticidas seria a integração deste com diferentes métodos de controle, tais como os biológicos, físicos, mecânicos, comportamentais e culturais. A integração desses e outros métodos, além de preservar o agroecossistema, torna mais racional o programa de manejo integrado de pragas (MIP). As plantas desenvolveram ao longo da evolução diversos mecanismos de defesa contra o ataque de insetos herbívoros, estas defesas podem ser físicas ou químicas. Participa da defesa química, uma série de compostos que aparentemente não estão relacionados com o crescimento e desenvolvimento, estes compostos são produzidos no metabolismo secundário. Esses compostos são fundamentais na proteção das plantas contra diversos organismos em ambientes naturais. Desta forma, este trabalho tem como objetivo detalhar a importância dos mecanismos de defesa das plantas contra o ataque de insetos, evidenciando a importância dos mesmos para a obtenção de cultivares resistentes a insetos, bem como a possibilidade da aplicação de mecanismos de defesa no manejo integrado de pragas.
Abstract Agriculture is an activity that causes environmental impact, due mainly to the replacement of vegetation adapted for another course that requires containment of the process of natural succession, as well as actions that prevent the development of organisms that occur naturally in the unique environment, resulting in the emergence problems, mainly related to the occurrence of pests and diseases. Among the pests, insects stand out, these are very well successful, living practically any environment and easily adapt to different environments, are very important in agriculture and may have a beneficial effect and may also be responsible for losses in production, there thus the need to control these organisms. Currently, control practices are primarily the result in the use of pesticides, causing risks to the environment and human health. An alternative to the indiscriminate use of insecticides would be to integrate this with different control methods, such as biological, physical, mechanical, behavioral and cultural. The integration of these and other methods, as well as preserve the agroecosystem, makes it rational program of integrated pest management (IPM). Plants developed through evolution different mechanisms of defense against attack by herbivorous insects, these defenses can be physical or chemical. Participates in the chemical defense, a series of compounds that apparently are not related to the growth and development, these compounds are produced in secondary metabolism. These compounds are essential in protecting plants against various organisms in natural environments. Thus, this work aims to detail the importance of defense mechanisms of plants against insect attack, indicating the importance of them to obtain cultivars resistant to insects and the possibility of applying defense mechanisms in Integrated Pest Management.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/21624
Arquivos Descrição Formato
000737286.pdf (313.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.