Repositório Digital

A- A A+

Candidemia in a brazilian tertiary care hospital: species distribution and antifungal susceptibility patterns

.

Candidemia in a brazilian tertiary care hospital: species distribution and antifungal susceptibility patterns

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Candidemia in a brazilian tertiary care hospital: species distribution and antifungal susceptibility patterns
Outro título Candidemia em hospital terciário brasileiro: distribuição das espécies e padrões de susceptibilidade aos antifúngicos
Autor Severo, Luiz Carlos
Antunes, Ana Graciela Ventura
Pasqualotto, Alessandro Comaru
Diaz, Maria Cristina
D'Azevedo, Pedro Alves
Resumo Estudos realizados em diferentes países têm mostrado diferença na epidemiologia das infecções invasivas por Candida spp. No período de agosto de 2002 a agosto de 2003, foi conduzido estudo na Santa Casa Complexo Hospitalar, Porto Alegre, Brasil, para determinar a distribuição das espécies de Candida associadas a candidemia e o perfil de susceptibilidade das mesmas aos antifúngicos anfotericina B, fluconazol e itraconazol. Os testes de susceptibilidade foram realizados de acordocom a metodologia M27-A2 padronizada pelo NCCLS. Foi incluído no estudo o primeiro isolado de hemocultivo de cada paciente. A maioria dos episódios (51,6%) ocorreu por espécies outras que C. albicans, incluindo C. parapsilosis (25,8%), C. tropicalis (13,3%), C. glabrata (3,3%), C. krusei (1,7%) e outras espécies (7,5%). Não foi encontrada resistência aos antifúngicos testados, possivelmente devido ao baixo consumo de fluconazol na Instituição. Susceptibilidade dose-dependente ao itraconazol ocorreu em 14,2% e ao fluconazol 1,6%. Faz-se necessário monitoramento epidemiológico.
Abstract Recent studies have shown differences in the epidemiology of invasive infections caused by Candida species worldwide. In the period comprising August 2002 to August 2003, we performed a study in Santa Casa Complexo Hospitalar, Brazil, to determine Candida species distribution associated with candidemia and their antifungal susceptibility profiles to amphotericin B, fluconazole and itraconazole. Antifungal susceptibility was tested according to the broth microdilution method described in the NCCLS (M27A- 2 method). Only one sample from each patient was analyzed (the first isolate). Most of the episodes had been caused by species other than C. albicans (51.6%), including C. parapsilosis (25.8%), C. tropicalis (13.3%), C. glabrata (3.3%), C. krusei (1.7%), and others (7.5%). Dose-dependent susceptibility to itraconazole was observed in 14.2% of strains, and dose-dependent susceptibility to fluconazole was found in 1.6%. Antifungal resistance was not found, probably related to low use of fluconazole. Further epidemiological surveillance is needed.
Contido em Revista do instituto de medicina tropical de São Paulo. São Paulo. Vol. 46, n. 5 (set./out. 2004), p. 239-241
Assunto Antimicóticos
Candidíase
[en] Antifungal resistance
[en] Candida species
[en] Candidemia
[en] Susceptibility tests
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23152
Arquivos Descrição Formato
000507727.pdf (92.41Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.