Repositório Digital

A- A A+

Acolhimento : responsabilidade de quem? um relato de experiência

.

Acolhimento : responsabilidade de quem? um relato de experiência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Acolhimento : responsabilidade de quem? um relato de experiência
Outro título Recepción : ¿quién es el responsable? Un relato de experiencia
Outro título Sheltering : who’s responsibility is it? An experience report
Autor Souza, Aline Corrêa de
Lopes, Marta Júlia Marques
Resumo Trata-se de um artigo sobre acolhimento dos usuários em Unidade Básica de Saúde de Porto Alegre/RSc, baseado em experiências na Residência Integrada em Saúde Coletiva da Escola de Saúde Pública e reflexões sobre bibliografia específica. Acolhimento é a forma como o serviço de saúde se organiza para receber seus usuários e responder as suas demandas, apoiando-se em processos educativos em saúde no sentido de construir uma relação diferente daquela estabelecida com pronto atendimentos. Acredita-se que a enfermeirad seja a profissional indicada para esta tarefa pela sua formação de base coletiva e centrada na atenção integral ao ser humano.
Resumen Este artículo presenta comentarios sobre la recepción en la Unidad de Salud de Porto Alegre/RS. Las autoras describen su experiencia (Residência Integrada em Saúde Coletiva – Escola de Saúde Pública) y reflexión acerca de trabajos bibliográficos. La recepción es la manera en la cual el servicio de salud publica se organiza para recibir sus usuarios. Su intención es educar al usuario acerca de la salud y construir un atendimiento diferenciado. Las autoras creen que la enfermera es la profesional mejor calificada para esta actividad.
Abstract This paper is about the sheltering of users in a basic health unit in Porto Alegre/RS according to the experience during the Integrate Residency Program in Collective Health at the Public Health School and reflections about specific bibliography. Sheltering is the manner in which the health service is organized to attend its users and to answer their demands, relying on health educative processes aiming to build a different relation than that established in “emergency rooms”. It is believed that the nurse is the professional indicated to this task because of its basic education in collectivity and integralized human care.
Contido em Revista Gaúcha de Enfermagem. Porto Alegre. Vol. 24, n. 1 (jan. 2003), p.8-13
Assunto Enfermagem em saúde comunitária
Prática de saúde pública
Serviços de saúde comunitária
[en] Community health nursing
[en] Community health services
[en] Public health practice
[es] Enfermería en salud comunitaria
[es] Práctica de salud pública
[es] Servicios de salud comunitaria
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23507
Arquivos Descrição Formato
000396812.pdf (35.38Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.