Repositório Digital

A- A A+

Complicações que levam o doente renal crônico a um serviço de emergência

.

Complicações que levam o doente renal crônico a um serviço de emergência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Complicações que levam o doente renal crônico a um serviço de emergência
Outro título Complicaciones que llevan al paciente renal crónico a una emergencia clínica
Outro título Complications that bring a chronic renal patient to emergency health services
Autor Breitsameter, Guilherme
Thomé, Elisabeth Gomes da Rocha
Silveira, Denise Tolfo
Resumo A doença renal crônica apresenta muitas complicações agudas e crônicas, levando seus portadores a procurarem atendimento em emergências. Este estudo transversal, descritivo, teve como objetivo conhecer o perfil do doente renal crônico que apresenta complicações e procura um atendimento de emergência, identificando a prevalência das complicações. A amostra foi constituída por 139 pacientes que procuraram a emergência do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A coleta de dados foi realizada nos boletins de atendimento e nos prontuários. Na análise dos dados foi utilizada estatística descritiva. Os resultados mostram que 55,4% da amostra é feminina, 78,4% está entre 41 a 80 anos, 54,7% faz tratamento renal substitutivo, 51,1% é hipertensa e 58,3% mora na região metropolitana de Porto Alegre. As complicações prevalentes foram dispnéia, febre e alterações neurológicas. Estes resultados evidenciam a necessidade do acompanhamento direto desses pacientes pela equipe que os trata, diminuindo a procura dos serviços de emergência.
Abstract Chronic kidney disease usually presents a variety of severe and chronic complications forcing patients to look for emergency services. This descriptive, cross-sectional study was conducted to get to know the profile of the chronic renal patient with complications, who looks for emergency health services. The sample encompassed 139 patients, who were treated in the Hospital de Clínicas emergency service in Porto Alegre, Rio Grande do Sul, Brazil. Medical records and reports were used to collect data, and descriptive statistics for data analysis. The results showed that 55.4% of the sampled individuals were females, 78.4% were between 41 and 80 years old, 54.7% were under renal replacement therapy, 51.1% were hypertensive and 58.3% lived in the Porto Alegre´s metropolitan area. The main complications were dyspnea, fever, and neurological alterations. According to these results, the health team should conduct a direct follow up of these patients to reduce their need of being treated at emergency health services.
Contido em Revista gaúcha de enfermagem. Porto Alegre. Vol. 29, n.4 (dez. 2008), p. 543-550
Assunto Emergências
Insuficiência renal crônica : Complicações
[en] Chronic
[en] complicaciones
[en] Complications
[en] Cross-sectional studies
[en] Emergency treatment
[en] Estudios transversales
[en] Insuficiencia renal crónica
[en] Renal insufficiency
[en] Tratamiento de urgencia
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/23609
Arquivos Descrição Formato
000681276.pdf (54.48Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.