Repositório Digital

A- A A+

Dizer e experenciar o ser/estar professor na formação inicial de professores de matemática

.

Dizer e experenciar o ser/estar professor na formação inicial de professores de matemática

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Dizer e experenciar o ser/estar professor na formação inicial de professores de matemática
Autor Carrasco, Lucia Helena Marques
Orientador Bordas, Merion Campos
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Conhecimento
Experiência
Formação
Foucault, Michel 1926-1984.
Poder
Prática de ensino
Professor
[en] Experience
[en] Formation
[en] Foucault, Michel
[en] Gouvernement
[en] Kneowledge
[en] Mathematics
[en] Power
[en] Teacher
[en] Teaching practice
Resumo Esta Tese situa-se no campo de pesquisa acerca da formação inicial do professor de matemática, detendo-se na investigação das estratégias produtivas das Práticas de Ensino nesse processo formativo. As Práticas de Ensino são entendidas como as experiências dos licenciandos orientadas para estudos relativos aos processos de ensino-aprendizagem de matemática, elaboração de propostas pedagógicas, imersão em espaços formais de ensino, em particular através da prática da docência e para análise das próprias experiências. Fundamentado teórica e metodologicamente em Foucault e partindo do pressuposto de que nas disciplinas de Laboratório de Prática de Ensino-Aprendizagem em Matemática do curso de Licenciatura em Matemática da UFRGS desenvolvem-se práticas discursivas relevantes para produção do futuro professor de matemática, o estudo toma como objetivo central a investigação dos modos como se constitui e como se diz, neste espaço, o “ser professor” ou o “estar professor” dos licenciandos e da professora-orientadora. A investigação ocorre no âmbito das disciplinas de Laboratório ministradas pela autora da tese nos últimos cinco anos, de modo a colocar em foco não apenas discursos emitidos por alunos, mas também aqueles que caracterizam a trajetória profissional da própria pesquisadora. Através da construção de estratégias metodológicas centradas em procedimentos descritivo-analíticos, são abordadas as condições históricas que os professores aplicam a si mesmos de modo a se tornarem objetos de saber. Utilizando os registros, obtidos por filmagens, de experiências ocorridas nos Laboratórios, são examinadas as formas de racionalidade que têm estado presentes nos tipos de saberes e nas técnicas de governo ou dominação que aí prevalecem, ou seja, são examinadas as relações entre saber e poder. Dos resultados da pesquisa, destaca-se que as práticas de ensino analisadas funcionam como dispositivos de produção de sujeitos/professores, que as orientações ministradas funcionam como dispositivos de governo e que o “ver-se e o analisar-se”, possibilitado pelo uso de determinadas tecnologias, entre elas os vídeos e os relatórios de avaliação, funcionam como dispositivo de governo de si, na produção do professor-verdade – aqueles que se organizam e operam através da sujeição a uma verdade pré-determinada – e do professor-experiência – aqueles que exercitam a indisciplina do pensamento, não se submetendo à ordem das verdades estabelecidas. Assim, as práticas do Laboratório são analisadas, tendo em vista a recorrência de práticas discursivas, de relações entre os sujeitos e de relações dos sujeitos consigo mesmo, não para encontrar o comum, o familiar e sim para buscar a raridade, aquilo que nosso saber provavelmente não imagina e que nossos olhos naturalmente não veem, de modo a considerar que aquilo que existe poderia não existir mais e o que somos hoje não ser mais o que é.
Abstract The present dissertation is inserted in the area of the mathematics teacher initial formation. It is focused on the investigation of effective strategies of Teaching Practice along such on going formation. In this work, Teaching Practices are understood as the bachelors' experiences made into studies related to math teaching-learning processes, pedagogical proposal elaboration, immersion in formal teaching environment, mainly through the teachers' practice and the analyses of their own experiences. Such dissertation has Foucault as the theoretical foundation; based on the assumption that the subjects (at the Math Teaching-Learning Practice Laboratory, inserted in the Math Course at UFRGS) developed relevant discursive practices to the future math teacher. The main object of the present dissertation is to investigate the ways of constitution, as it is said on the following pages, “to be a teacher as a whole” or “to be a teacher just for the moment” of students and professors. The investigation was done in the subjects taught at the Math Laboratory by the present author through the past five years. Being so, the focus would not only be based on students' discourses but also by the characterization of the professional course of the researcher herself. Through the building of methodological strategies focused on descriptive-analytical procedures, historical teaching conditions, that teachers apply on themselves, are approached in order to become the objects of knowledge. Registers obtained through video camera recordings at the Math Laboratory during classes are used to analyze the ways rationale are presented among knowledge types and governance techniques that prevail along the research duration of time. In other words, it all means the relation between power and knowledge. Highlighted from the research results are that teaching practices work as subject/teacher production devices that applied together with advising practices work as governing devices when “one sees oneself” and “one analyses oneself”. Videos and evaluation reports made this conclusion possibly reached. Both videos and evaluations work as governing devices in the production of the professor-truth (those who organize themselves and operate through some truth already established) and the teacher-experience (those who practice the nondisciplinary thought, not submitting to already established truths). Being so, Laboratory practices are analyzed upon the reassurance of discursive practices, between the relationship of subjects and the relationship among themselves, not to find the ordinary nor the familiar but to search for rarity, something that our knowledge has probably not even though and our eyes cannot naturally see. For what exists in the present could no longer exist and what we are today could no longer be.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/25853
Arquivos Descrição Formato
000754866.pdf (1.867Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.