Repositório Digital

A- A A+

Promoção da saúde: a relação entre aptidão física e fatores de risco biológico das doenças cardiovasculares em escolares

.

Promoção da saúde: a relação entre aptidão física e fatores de risco biológico das doenças cardiovasculares em escolares

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Promoção da saúde: a relação entre aptidão física e fatores de risco biológico das doenças cardiovasculares em escolares
Autor Silva, Marcelo Faria
Orientador Gaya, Adroaldo Cezar Araujo
Data 2009
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano.
Assunto Aptidão física
Educação física escolar
Promoção da saúde
[en] Health promotion
[en] ROC curve and physical fitness as a predictor of health
Resumo Para Czeresnia (1999), a promoção da saúde representa um conjunto de idéias capazes de redirecionar as práticas em saúde pública. Entre elas, é de se destacar, o instituto recente no espaço da educação formal do conceito de escolas promotoras de saúde. Implícitos neste conceito estão às práticas pedagógicas e ações efetivas com o intuito do desenvolvimento de princípios, valores, atitudes e condutas frente à melhoria da qualidade de vida e ao aprimoramento das bases para hábitos de vida mais ativos. Neste cenário, emergem as preocupações do professor de educação física com o desenvolvimento da aptidão cardiorrespiratória desde a fase escolar no que se refere a menor probabilidade do surgimento de doenças cardiovasculares na idade adulta. A partir disto, os objetivos desta tese são: a) apresentar alguns aspectos históricos relacionados à promoção da saúde no âmbito internacional e nacional e, conseqüentemente, salientar a importância desse quadro teórico na fundamentação das escolas promotoras de saúde e, especificamente, na perspectiva de ações inerentes à prática pedagógica relacionada à educação física escolar e disciplinas afins; b) propor pontos de corte para o teste de corrida e caminhada de 9 minutos considerando sua associação com marcadores biológicos de riscos cardiovasculares e c) identificar a probabilidade de escolares com razão de chances aumentada de fatores de risco cardiovascular a partir do teste de 9 minutos categorizados pelo índice de massa corporal (IMC) e sexo com os marcadores de triglicerídeos (TG), colesterol total (CT) e lipoproteínas de alta densidade (C-HDL). Este estudo caracteriza-se por uma demarcação na literatura sobre a promoção de saúde no contexto escolar e uma verificação empírica com delineamento transversal. Para os aspectos históricos e conceituais da promoção da saúde, recorreu-se à literatura nacional e internacional. Por sua vez, para a verificação empírica, a amostra foi composta por 202 escolares (90 masculino e 112 feminino) de 12 a 17 anos no ano de 2008 e 2009 de uma escola privada de Porto Alegre-RS. Os escolares foram classificados segundo sexo e faixa de idade. O desempenho do teste de corrida e caminhada de 9 minutos foi baseado nos protocolos do Projeto Esporte Brasil - PROESP-BR (2007), e medidas corporais (peso e estatura) para cálculo de massa corporal foi proposto por Conde Monteiro (2006). Os marcadores biológicos - Triglicerídeos (TG), Colesterol total (CT), Lipoproteína de alta densidade (C-HDL) - foram categorizados de acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia (2005) e mensurados através de exame sangüíneo in loco por um laboratório. Para a verificação dos pontos de cortes (avaliação por critério), foi utilizada a Curva ROC (característica operatória do receptor). Na análise da Curva ROC procurou-se considerar o marcador biológico para sexo e faixa de idade que apresentasse a maior área sob a curva ROC. No intuito de averiguar a probabilidade de predição, realizou-se a associação entre o desempenho da RG e cada uma das variáveis mediante estimativas dos odds ratio ponderado a partir do teste de Qui-quadrado de Mantel-Haenszel (ORMH). Os intervalos de confiança adotados em todas as análises foram de 95%. Os dados foram tratados a partir do programa estatístico para ciências sociais - SPSS for windows (versão 13.0). Os principais resultados desta tese apontam para três considerações finais. Primeiramente o cenário apresentado no âmbito da promoção da saúde no contexto internacional e nacional e a valorização da escola como sendo uma unidade de convergência de ações focadas na melhoria da qualidade de vida de crianças e adolescentes, se tornam relevantes para o desenvolvimento de ações voltadas à promoção da saúde, tais como: criação de ambientes favoráveis, envolvimento da comunidade e do setor político, pesquisas na área da promoção da saúde e investimentos financeiros, públicos e privados. Para isto, evidenciamos duas facetas de análise. A promoção da saúde é centrada no indivíduo, com uma projeção para a família ou grupos a fim do desenvolvimento educacional de habilidades pessoais e comunitárias. Numa segunda abrangência, agregam-se ações do Estado a partir de um sistema de saúde convergindo para parcerias intersetoriais buscando superar a visão isolada e fragmentada na formulação e implementação de políticas e na organização do setor de saúde. Sendo assim, pudemos observar uma crescente preocupação da comunidade científica para investigar os princípios das escolas promotoras de saúde na rede de ensino considerando os aspectos da prevenção de fatores de risco, reabilitação e a conscientização das populações para efetiva participação nesses programas potencializando, portanto, futuras gerações mais saudáveis. Do ponto de vista dos modelos empíricos, a partir dos os marcadores biológicos utilizados neste estudo, notase como segunda consideração, que, para a definição dos pontos de cortes, o C-HDL apresentou maior área da Curva ROC em quatro das seis análises, o CT em uma e o TG na outra. Os valores encontrados de área sob a curva ROC variaram de 0,52 a 0,86. Os valores com melhores ajustamentos entre sensibilidade e especificidade apresentaram valores entre 0,32 e 0,89. Os pontos de corte encontrados foram crescentes ao longo das faixas de idade, e foram superiores para os meninos. Por fim, na análise do teste de 9 minutos como um preditor para à saúde, as análises demonstraram que os escolares localizados na categoria do IMC elevado e num baixo desempenho no teste de aptidão cardiorespiratória apresentaram quase 3 vezes (2, 904) mais probabilidade de ter fatores de risco cardiovascular aumentado, do que aqueles escolares com IMC normal e aptidão cardiorespiratória satisfatória em relação ao C-HDL. Também se notou que os escolares com um baixo desempenho no teste de 9 minutos apresentam quase 2 vezes (1,728 nos meninos e 1,645 nas meninas) mais probabilidade de ter fatores de risco aumentado de C-HDL; logo, esta investigação demarca que o teste proposto de aptidão cardiorespiratória é um adequado preditor para à saúde dos escolares. É neste contexto que a educação física escolar ocupa espaço de destaque na prevenção primária na perspectiva da promoção e educação para a saúde dos escolares.
Abstract To Czeresnia (1999), health promotion represents a set of ideas that can redirect public health practices. Among them, is to highlight the recent Institute within the formal education of the concept of health-promoting schools. Implicit in this concept are the teaching practices and effective actions in order to develop principles, values, attitudes and behaviors front to improve the quality of life and improving the basis for lifestyle more active. In this scenario, the emerging concerns of the physical education teacher with the development of cardiorespiratory fitness from the school stage as regards the less likely the emergence of cardiovascular disease in adulthood. From this, the goals are to: a) provide some historical aspects related to health promotion at national and international level and, therefore, emphasize the importance of this theoretical framework in the grounds of health-promoting schools, and specifically from the perspective of actions inherent in practice related to teaching physical education and related disciplines, b) proposed cutoff points for the 9 minutes running and walking test for considering their association with biological markers of cardiovascular risk and c) identify the likelihood of students with odds ratio increased cardiovascular risk factors from the test 9 minutes categorized by body mass index (BMI) and gender with the markers of triglycerides (TG), total cholesterol (TC) and high density lipoprotein (HDLC). This study is characterized by a split in the literature on health promotion in the school context and an empirical cross-sectional. For historical and conceptual aspects of health promotion, appealed to the national and international literature. Turn to empirical verification, the sample consisted of 202 students (90 male and 112 female) from 12 to 17 years in 2008 and 2009 a private school in Porto Alegre-RS. Students were classified by sex and age group. The 9 minutes running and walking performance test was based on the Protocols Project Sport Brazil - PROESP-BR (2007), and body measurements (weight and height) to calculate body mass was proposed by Earl Miller (2006). Biological markers - Triglycerides (TG), total cholesterol (TC), high density lipoprotein (HDL-C) - were categorized according to the Brazilian Society of Cardiology (2005) and measured via blood test spot by a laboratory. Checking the cut-off points (evaluation criteria), we used the ROC (receiver operative characteristic). In the analysis of ROC curve sought to consider the biological marker for sex and age group to produce the largest area under the ROC curve. In order to determine the probability of prediction, there was an association between the performance of the GM and each of the variables by estimates of the odds ratio from the weighted chi-square Mantel-Haenszel (ORMH). The confidence intervals adopted in all tests were 95%. The data were treated from the statistical program for social sciences - SPSS for windows (version 13.0). The main results of this thesis point to three final considerations. First the scenario presented in the context of health promotion at national and international context and value of school as a unit of convergence of actions focused on improving the quality of life of children and adolescents, become relevant to the development of measures to promote health, such as creating supportive environments, community involvement and the political sector, research in health promotion and financial investments, public and private. For this, we observed two aspects of analysis. Health promotion is based on the individual, with a projection for the family or groups to the educational development of personal skills and community. In a second range, add up actions of the state from a health system converging on intersectoral partnerships seeking to overcome the fragmented and isolated view the formulation and implementation of policies and organization of the health sector. Therefore, we have seen a growing concern in the scientific community to investigate the principles of health-promoting schools in the school system considering the aspects of prevention of risk factors, rehabilitation and awareness of people for effective participation in these programs empowering, so future generations healthier. From the standpoint of empirical models, based on biological markers used in this study, there is a second consideration, which, for the definition of cut-off points, HDL-C showed greater area of the ROC curve in four of six tests , TC and TG in one the other. The values of area under the ROC curve varied from 0,52 to 0.86. Values with better adjustments between sensitivity and specificity varied from 0.32 to 0.89. The cutoff points were found growing along the tracks of age and were higher for boys. Finally, the test analysis of 9 minutes as a predictor of health, the analysis showed that the school located in the category of high BMI and a low performance in cardiorespiratory fitness had almost 3 times (2, 904) more likely to have factors of increased cardiovascular risk, than those students with normal BMI and cardiorespiratory fitness satisfactory in relation to HDL-C. It also noted that students with low performance in 9 minutes are nearly 2 times (1.728 to 1.645 in boys and girls) more likely to have increased risk factors of HDL-C, therefore, this research marks the proposed test of cardiorespiratory fitness is an adequate predictor for the health of schoolchildren. In this context, the physical education occupies a prominent space in the primary prevention with a view to promoting and health education of schoolchildren.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/25911
Arquivos Descrição Formato
000755750.pdf (802.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.