Repositório Digital

A- A A+

Expatriação de brasileiros : as implicações das características culturais na adaptação em designações internacionais

.

Expatriação de brasileiros : as implicações das características culturais na adaptação em designações internacionais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Expatriação de brasileiros : as implicações das características culturais na adaptação em designações internacionais
Autor Barbosa, Rafaella das Neves
Orientador Antunes, Elaine di Diego
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Brasileiros
Expatriação
Internacionalização de empresas
Resumo Diversos fatores como a globalização, a rapidez dos avanços tecnológicos, a economia informal, entre outros, proporcionam um ambiente convidativo para que as empresas expandam seus negócios além das fronteiras de seus países de origem. Este processo de internacionalização afeta a forma de gerenciamento dos processos organizacionais e com isso, surgem demandas de competências e de profissionais específicas a atender a internacionalização. A expatriação atende diversas necessidades do processo de internacionalização. Entretanto, os processos de expatriação são complexos e exigem atenção e dedicação especial das áreas de gestão de pessoas das organizações. Isso porque o processo de expatriação envolve fatores relacionados a adaptação cultural do expatriado e de sua família. Esta dissertação teve por intenção entender quais são as implicações das características culturais brasileiras na adaptação cultural de expatriados brasileiros. A abordagem do tema expatriação sob a ótica de uma problemática regional enseja aprofundar o conhecimento de um tema pouco explorado sob uma perspectiva que leve em consideração as características culturais peculiares aos brasileiros sendo uma forma de valorização das identidades locais com resposta às tendências globalizantes. O método utilizado foi o estudo de caso com uma empresa multinacional. A pesquisa teve caráter qualitativo e foi utilizada técnica de entrevista semi-estruturada e de análise de conteúdo na interpretação dos depoimentos dos 6 entrevistados. Os resultados da pesquisa evidenciam que as características sociais da cultura brasileira têm influência positiva nas designações no que diz respeito à aceitação de culturas diferentes e de formas de viver e trabalhar distintas. Aparentemente, o brasileiro gosta de se expor a diversidade cultural. Entretanto, em países com cultura muito conservada e fechada, as características sociais referentes à índole relacional pesam contra, tendo em vista que nestes países a cultura é muito diferente do Brasil. A empresa por sua vez pode influenciar no processo incentivando a participação em treinamentos interculturais assim como atentando para o processo de repatriação.
Abstract Several factors such as globalization, fast technological advances, the informal economy and other ones, offer an inviting environment for companies to expand their businesses beyond the borders of their original countries. This process of internationalization affects the way the organizational management processes and demands for specific professional skills. The expatriation attempts many internationalization needs. However, the process of expatriation is complex and requires special attention and dedication of the areas of Human Resources management organizations. The expatriation process involves factors related to cultural adaptation of the expatriate and his family. This research had the intention to understand what are the implications of Brazilian cultural characteristics in the adaptation of Brazilians assignees. The theme expatriation, from the perspective of a regional issue, brings about greater understanding of a topic not well explored from a perspective that consider the cultural characteristics and intend to be a form to appreciate local identities in response to globalizing trends. The method used was a case study of a multinational company. The research was qualitative and has used technique of semi-structured interviews and content analysis in the interpretation of the testimonies of six respondents. The survey results show that the social characteristics of Brazilian culture have positive influence on assignments with regard to the acceptance of different cultures and ways of living and work differently. Apparently, the Brazilians like to be exposed to cultural diversity. However, in countries with very well preserved and closed culture, the social characteristics related to the relational nature weigh against, given that these countries the culture is very different from Brazil. The company can influence the process by encouraging participation in intercultural training as well as observing the process of repatriation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26745
Arquivos Descrição Formato
000760500.pdf (692.2Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.