Repositório Digital

A- A A+

Avaliação dos efeitos de extrato lipofílico de Hypericum polyanthemum em modelo animal da doença de Parkinson induzido por 6- hidroxidopamina

.

Avaliação dos efeitos de extrato lipofílico de Hypericum polyanthemum em modelo animal da doença de Parkinson induzido por 6- hidroxidopamina

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação dos efeitos de extrato lipofílico de Hypericum polyanthemum em modelo animal da doença de Parkinson induzido por 6- hidroxidopamina
Autor Borsoi, Milene
Orientador Souza, Tadeu Mello e
Co-orientador Rates, Stela Maris Kuze
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Neurociências.
Assunto Doença de Parkinson
Hypericum polyanthemum
Oxidopamina
Tirosina hidroxilase
Resumo A Doença de Parkinson (DP) é uma desordem neurodegenerativa caracterizada pela perda de neurônios dopaminérgicos da substância nigra (SN) e conseqüente depleção de dopamina no corpo estriado. Os tratamentos disponíveis não impedem a progressão da doença, evidenciando a importância da procura de novas terapias. Estudos anteriores demonstraram que um extrato ciclo-hexânico de Hypericum polyanthemum inibe a recaptação sinapotossomal de monoaminas e é capaz de alterar a ligação de GTP induzida por monoaminas em receptores em cérebro de ratos, de forma mais potente para dopamina no corpo estriado. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito da administração de um extrato ciclo-hexânico das partes aéreas de H. polyanthemum em modelo de DP induzido por 6-hidroxidopamina (6-OHDA). Ratos Wistar receberam duas infusões de 6-OHDA (5,5 μL, 3 μg/μL) no feixe prosencefálico medial direito através de cirurgia estereotáxica. Foram realizados os seguintes regimes de tratamento do extrato: (regime 1) três administrações iniciadas 4 h após a lesão; (regime 2) três administrações iniciadas 24 h após a lesão; (regime 3) três administrações iniciadas 48 h após a lesão; (regime 4) três administrações iniciadas antes dos testes comportamentais, em que a última administração foi realizada 1 hora antes de cada teste. Em cada um desses regimes, as administrações (90 mg/kg, v.o.) foram realizadas em 24 h com intervalos de 6 h. Por último, foram realizadas também duas administrações diárias iniciadas 48 h após a lesão (90 mg/kg, v.o.) durante 5 dias consecutivos (regime 5). Controles receberam veículo (salina + polissorbato 80 5%). Os animais foram submetidos ao teste da fita adesiva 62 dias após a lesão e à avaliação do comportamento rotacional induzido por metilfenidato (20 mg/kg, i.p.) 10, 45 e 85 dias após a cirurgia estereotáxica. Foi realizada avaliação do conteúdo de tirosina-hidroxilase (TH) nos animais submetidos ao regime 2. Observou-se aumento no número de rotações ipsilaterais nos animais tratados com o extrato no regime 2 [ANOVA de medidas repetidas; efeito fator GRUPO F(1,13)=6,63; p<0,0185] e regime 5 [ANOVA de medidas repetidas; efeito fator GRUPO F(1,12)=5,10; p<0,043]. No teste da fita adesiva, os animais controle (teste de Wilcoxon; p<0,004) e tratado (teste de Wilcoxon; p<0,045) do regime 2 demoraram mais para perceber a fita da pata esquerda, mas não houve diferença entre os grupos. Foi encontrada uma redução significativa do conteúdo de TH na SN dos animais tratados com o extrato pertencentes ao regime 2 (teste de Mann-Whitney, p=0,034). O extrato, no regime 2, aumenta a atividade rotacional induzida por MF de ratos lesionados com 6-OHDA e reduz o conteúdo de TH na SN, indicando ação neurotóxica do extrato no modelo testado.
Abstract Parkinson´s Disease (PD) is a neurodegenerative disorder characterized by a loss of dopaminergic neurons of substantia nigra (SN) and consequent depletion of dopamine in the striatum. The available treatments do not prevent the disease progression, demonstrating the importance of researching new therapies. Previous studies demonstrated that the extract of Hypericum polyanthemum presents an antidepresant-like effect in mice that is meditated by inhibition of synaptossomal inhibits the monoamines reuptake and it’s able to change the GTP binding to monoamine receptors in the rat brain, which is more pronounced for dopamine receptors in the striatum. The aim of this study was to evaluate the effect of H. polyanthemum cyclohexane extract administration in a PD model induced by 6-hydroxydopamine (6-OHDA). Wistar rats received two infusions of 6-OHDA (5.5 mL, 3 mg/mL) into the right medial forebrain bundle through stereotaxic surgery. We conducted the following treatments with the extract: (1) three administrations initiated 4 h after injury, (2) three administrations started 24 h after injury, (3) three administrations initiated 48 h after injury, (4) three administrations initiated before the behavioral tests, in which the last administration was performed 1 hour before each test and (5) two administration for 5 consecutive days. In each scheme, the administrations (90 mg/kg po each) were performed in 24 h with intervals of 86 h. Lastly, were performed twice daily administrations (90 mg/kg po each) for five consecutive days (5). Controls received vehicle. The assessment of rotational behavior induced by methylphenidate (MF) (20 mg / kg, ip) was performed 10, 45 and 85 days after stereotactic surgery. The animals were tested for sticky tape 62 days after infusion. The assessment of tyrosine hydroxylase (TH) content was performed in animals subjected to treatment 2. There was an increase in the number of ipsilateral rotations in animals treated with the extract in treatment 2 and treatment 5 [repeated measures ANOVA group effect, F(1,13)=6.63, p<0.0185; F(1,12)=5.10, p<0.043;, respectively]. In the sticky tape test, both groups of treatment 2 took longer to see the tape of the left paw, but did not differ from each other (Wilcoxon test, p<0.005). There was significant reduction in the content of TH in the SN of animals treated with extract in the treatment 2 (Mann-Whitney testone-way ANOVA, p=0.0034). The treatment 2 increases the rotational behavior and reduces de content of TH in the SNpc, indicating the toxic effect of the extract in the animal PD model.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/26839
Arquivos Descrição Formato
000760655.pdf (439.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.