Repositório Digital

A- A A+

Instinto e asfalto : os contos impuros de Feliz ano novo, de Rubem Fonseca

.

Instinto e asfalto : os contos impuros de Feliz ano novo, de Rubem Fonseca

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Instinto e asfalto : os contos impuros de Feliz ano novo, de Rubem Fonseca
Autor Coronel, Luciana Paiva
Orientador Filipouski, Ana Mariza Ribeiro
Data 1998
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Análise da narrativa da obra de R. Fonseca (Feliz ano novo)
Aspectos culturais na literatura brasileira (ficção)
Aspectos sociais na literatura brasileira (ficção)
Cultura brasileira : Século XX (década de 1970)
Fonseca, Rubem 1925-. Feliz ano novo : Crítica e interpretação
Linguagem na obra de R. Fonseca (Feliz ano novo)
Literatura brasileira : Conto : Crítica e interpretação
Literatura e História
Metalinguagem na obra de r. fonseca (feliz ano novo)
Narrador na obra de R. Fonseca (Feliz ano novo)
Tese
Tropicalismo : Brasil
Violência na obra de R. Fonseca (Feliz ano novo)
Resumo Esta dissertação pretende comprovar a existência de uma relação profunda entre o texto ficcional dos contos de Feliz Ano Novo, publicado em 1975, e o contexto histórico da época. Partindo de um panorama da produção artística e cultural dos anos 60 e 70, o trabalho insere as opções temático-formais desta obra no referido contexto histórico e artístico e busca evidenciar a maneira pela qual tal contexto se faz presente na linguagem da obra, que recria artisticamente a tensão e a violência do período. A linguagem configura um discurso metaficcional que contém, em sua forma banal e calculada, uma profunda reflexão sobre o papel da literatura no mundo mercantilizado que a cerca. Assim, através da metalinguagem, a narrativa dos contos problematiza a História e realiza uma das poucas formas de subversão ainda ao alcance de um produto artístico: escapar ao destino de ser um mero bem de consumo e converterse em instrumento de problematização da própria lógica dos bens culturais de consumo.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/2689
Arquivos Descrição Formato
000237492.pdf (802.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.