Repositório Digital

A- A A+

Todos os alunos podem aprender : a inclusão de alunos com deficiência no III Ciclo a inclusão de alunos com deficiência no III Ciclo

.

Todos os alunos podem aprender : a inclusão de alunos com deficiência no III Ciclo a inclusão de alunos com deficiência no III Ciclo

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Todos os alunos podem aprender : a inclusão de alunos com deficiência no III Ciclo a inclusão de alunos com deficiência no III Ciclo
Autor Monteiro, Maria Rosangela Carrasco
Orientador Xavier, Maria Luisa Merino de Freitas
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Aprendizagem
Diferença
Estudos culturais
Identidade
Inclusão escolar
Prática pedagógica
[en] Cultural studies
[en] Difference
[en] Identity
[en] Inclusive education
[en] Learning
[en] Pedagogical practice
[en] Special education
Resumo A presente dissertação tem como objetivo apresentar e analisar práticas de Educação Inclusiva que se desenvolvem, através de um projeto intitulado Docência Compartilhada, em uma escola pública municipal de Porto Alegre/RS. Para efetivar essa pesquisa, investigo como as práticas de inclusão propostas em uma das turmas regulares do segundo ano do III Ciclo, na qual estão inseridos os alunos com deficiência mental e transtorno global de desenvolvimento, vêm eliminando espaços de segregação e possibilitando aprendizagens. Para tanto, é conferida a ênfase ao conceito de Educação Inclusiva, entendido como um processo educativo que deve ser desenvolvido nas escolas de ensino regular. Nesse estudo utilizei-me de uma perspectiva pós-estruturalista, aliada aos pressupostos teóricos dos Estudos Culturais em Educação. Quanto à metodologia de pesquisa, empreguei estratégias de cunho etnográfico, como, observações das práticas escolares, entrevistas com professores e alunos da referida turma e seleção e leitura de documentos produzidos na instituição. O trabalho investigativo foi organizado a partir de três unidades analíticas: Acolhimento das diferenças; Educação Inclusiva e possibilidades de aprendizagens; Constituição da docência na contemporaneidade – docência compartilhada como uma possível alternativa. O estudo indica que as práticas de inclusão escolar produzidas na escola, através do projeto da Docência Compartilhada, estão possibilitando questionar classificações que naturalizam e legitimam padrões produzindo determinadas identidades, as quais posicionam os alunos de forma negativa em relação às suas reais condições de aprendizagem. E, ainda, resumo que tais práticas têm promovido outras relações de ensino e de aprendizagem.
Abstract The present dissertation aims to present and analyze practices for Inclusive Educational which are developed through a project entitled Docência Compartilhada (Shared Teaching) in a public school in Porto Alegre/RS. In order to accomplish the research it was investigated how the inclusion practices proposed in one of the regular class of the second year from Cycle III, in which are placed students mentally deficient and with global developmental disorder that have been eliminating segregation spaces and making it possible learning. Due to this it is given emphasis to Inclusive Education concept which is understood as an educational process that must be developed in schools of regular teaching. In this study it was used a post-structuralist perspective related to theoretical assumptions of Cultural Studies in Education. Regarding the research methodology it was used strategies such as ethnographic as observations of school practices, interviews with teachers and students of the chosen class and selection and reading of documents produced in the institution. The investigate work was organized from three analytical units: Gathering of the differences, Inclusive Education and learning possibilities and Contemporary Teaching Constitution – shared teaching as an alternative choice. The study indicates that inclusive school practices produced in schools through the Docência Compartilhada (Shared Teaching) project, are enabling to question classifications which naturalize and legitimize patterns creating certain identities which positionate students in a negative way of their true learning conditions. Moreover, to sum up such practices have promoted others relations of teaching and learning.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/27045
Arquivos Descrição Formato
000763063.pdf (877.0Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.