Repositório Digital

A- A A+

A capacitação participativa de pré-natalistas em uma unidade básica de saúde : um estudo de caso

.

A capacitação participativa de pré-natalistas em uma unidade básica de saúde : um estudo de caso

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A capacitação participativa de pré-natalistas em uma unidade básica de saúde : um estudo de caso
Autor Moretto, Virgínia Leismann
Orientador Bonilha, Ana Lúcia de Lourenzi
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem.
Assunto Capacitação profissional
Centros de saúde
Cuidado pré-natal
Humanização da assistência
Pessoal de saúde : Formação
Unidade básica de saúde
[en] Health centers
[en] Humanization of assistance
[en] Prenatal care
[en] Professional training
[es] Atención prenatal
[es] Capacitación profesional
[es] Centros de salud
[es] Humanización de la atención
Resumo Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo estudo de caso, com pressupostos da pesquisa participante. O caso se constitui na capacitação participativa dos profissionais que atuam no pré-natal de uma unidade básica de saúde. Os objetivos foram desenvolver a capacitação participativa com os profissionais (eu retiraria prá não ser repetitivo) e refletir sobre as ações desenvolvidas por eles durante a capacitação. A humanização foi o referencial teórico para o desenvolvimento da capacitação e seus princípios foram empregados como norteadores da atenção pré-natal.. O estudo se desenvolveu em uma unidade básica de saúde da região da Lomba do Pinheiro, na cidade de Porto Alegre-RS, no período de outubro de 2007 a novembro de 2009. Utilizou-se o diário de campo coletivo para a coleta dos dados e estes foram analisados segundo a análise temática de Minayo. A capacitação consistiu em dez encontros, geradores de discussões e reflexões dos pré-natalistas sobre seu cotidiano de atendimento, inserindo-os na busca por estratégias para melhorar o trabalho. Os encontros provocaram mudanças nas práticas, as quais favoreceram o atendimento à mulher no quesito do acesso à unidade de saúde e ao hospital de referência para o parto; nas questões do cotidiano do atendimento, como modificações na sala do atendimento, a inclusão do acompanhante nas consultas, o aumento no tempo das consultas, a uniformização no tempo das consultas entre os pré-natalistas das equipes da UBS e PSF, o acompanhamento da enfermeira no atendimento pré-natal, a sugestão de alteração da carteira de pré-natal e a inclusão de lembretes escritos para as consultas de puerpério. Acredita-se que essas modificações poderão contribuir para aprimorar os indicadores da qualidade da atenção pré-natal.
Resumen Se trata de un estudio cualitativo de estudio de caso con los presupuestos de la investigación partícipe. El caso se constituye en la capacitación partícipe de los profesionales que actúan en el prenatal de una unidad básica de salud (USB). Los objetivos fueron desarrollar la capacitación partícipe con los profesionales y reflexionar acerca de las acciones desarrolladas por ellos durante la capacitación. La humanización fue el referencial teórico para el desarrollo de la capacitación y sus principios fueron empleados como orientadores del cuidado prenatal. El estudio se desarrolló en una unidad básica de salud de la región Lomba do Pinheiro, en la ciudad de Porto Alegre - RS, desde octubre de 2007 hasta noviembre de 2009. Se utilizó el diario de campo colectivo para la recolección de los datos que fueron analizados según el análisis temático de Minayo. La capacitación consistió en diez encuentros, generadores de discusiones y reflexiones de los profesionales de prenatal acerca de su cotidiano de atendimiento, insertándolos en la búsqueda por estrategias para mejorar el trabajo. Los encuentros provocaron cambios en las prácticas, las cuales favorecieron el atendimiento a la mujer en cuanto al acceso a la unidad de salud y al hospital de referencia para el parto así como en las cuestiones del cotidiano del atendimiento, o sea, cambios en la sala de atendimiento, la inclusión del acompañante en las consultas, el aumento del tiempo de las consultas, la uniformización del tiempo de las consultas entre los profesionales de prenatal de los equipos de la UBS e del PSF (Programa de la Salud de la Familia), el acompañamiento de la enfermera en el atendimiento prenatal, la sugestión de alteración de la tarjeta de prenatal y la inclusión de apuntes para recordar las consultas de puerperio. Se acredita que estas modificaciones podrán contribuir para mejorar los indicadores de calidad de la atención prenatal.
Abstract It is a qualitative study, developed as a case study, using the procedures of the participative research. The case comprises the participative development of skills of the professionals that work in the prenatal program of a basic health care unit. The objectives were to develop a participative training of those professionals as well as to reflectively think about the actions developed by them during the training. Humanization was the theoretical landmark for the training development and its principles were employed as guidelines of the prenatal attention. . The study was carried out on a basic health care unit at Lomba do Pinheiro Area in the city of Porto Alegre–RS, from October 2007 to November 2009. A collective field diary was used in order to gather the data which was analyzed according to the thematic analysis by Minayo . The development of skills process consisted of ten meetings that generated discussions and reflective thoughts of the prenatal professionals about their daily care activities in a way that they wished to search for strategies to improve their work. The meetings provoked changes such as finding better ways to care for the women to ease their access to the basic health care unit and to the reference hospital for childbirth, as well as in regard to issues of the daily attendance, as the presence of companionship during consultations, physical changes on the offices area, longer consultation hours by all the professionals, prenatal consultation attended by nurses, changes on the Prenatal Card, written reminders of the Postpartum Consultation date, and so on. The author believes that those changes will contribute favorably to the qualitative indicators of prenatal care.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/27068
Arquivos Descrição Formato
000763623.pdf (1.394Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.