Repositório Digital

A- A A+

Poderes do sócio e representação : a procuração em causa própria aplicada às quotas de sociedades limitadas

.

Poderes do sócio e representação : a procuração em causa própria aplicada às quotas de sociedades limitadas

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Poderes do sócio e representação : a procuração em causa própria aplicada às quotas de sociedades limitadas
Autor Maman, Tobias Scheffer de
Orientador Zanini, Carlos Klein
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Direito. Curso de Ciências Jurídicas e Sociais.
Assunto Procuração em causa própria
Sociedade limitada
Sócio
[en] Limited liability company
[en] Procuratio in rem suam
[en] Proxy
[en] Rights of shareholder
[en] Stocks
Resumo A presente pesquisa pretende verificar se a procuratio in rem propriam legitima o procurador, terceiro estranho à sociedade, ao exercício dos direitos do sócio, tanto pessoais como patrimoniais, sem que haja a cessão das quotas e a respectiva alteração do contrato social junto ao registro mercantil. Para tanto, serão analisados os efeitos da utilização do instituto no direito brasileiro em cotejo com a disciplina normativa aplicável ao sócio na sociedade limitada. Ainda, será investigado se esse procedimento pode ser considerado como ato simulado e como fica a posição jurídica do procurador in rem propriam ante a sociedade e terceiros.
Abstract This research intents to verify if the procuratio in rem propriam legitimizes the attorney-in-fact, from outside the partnership, to practice the rights of shareholder, both the personal ones and the property ones, all that without transference property of the company’s stock and without the respective modification of the statute in the Registrar of Companies. In order to achieve these goals, it will be analyzed the effects of using the institute in the brazilian law when compared with the rules applicable to the partner in a limited liability company. Also, it will be investigated if this procedure might be considered as simulated act and how remains the legal position of the proxy in rem propriam before company and others.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/27077
Arquivos Descrição Formato
000763356.pdf (573.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.