Repositório Digital

A- A A+

A influência dos recursos na internacionalização de empresas inseridas em clusters : uma pesquisa no setor vitivinícola no Brasil e na França

.

A influência dos recursos na internacionalização de empresas inseridas em clusters : uma pesquisa no setor vitivinícola no Brasil e na França

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A influência dos recursos na internacionalização de empresas inseridas em clusters : uma pesquisa no setor vitivinícola no Brasil e na França
Autor Zen, Aurora Carneiro
Orientador Fensterseifer, Jaime Evaldo
Data 2010
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Cluster
Internacionalização de empresas
Vitivinicultura
[en] Clusters
[en] Internationalisation
[en] Resources
[en] Wine
Resumo Esta tese tem como objetivo principal analisar o impacto dos recursos existentes clusters vitivinícolas na internacionalização das empresas. O argumento teórico em que se baseia este trabalho é de que o pertencimento a clusters possibilita o acesso a recursos, que influenciam o processo de internacionalização das firmas. Especificamente no setor vitivinícola, diante de uma crescente globalização do mercado, observa-se também uma forte preocupação com a valorização e o fortalecimento da região de origem das vinícolas para a agregação de valor ao produto e a obtenção de um diferencial competitivo junto ao consumidor final. Ressalta-se ainda que, nesse setor, a região de origem pode ser um indicativo de qualidade e um elemento importante no processo decisório de compra do consumidor. Este contexto reforça a necessidade de uma análise dos recursos ligados às aglomerações geográficas e a influência que estes podem exercer na internacionalização das empresas. Esta pesquisa abrange dois estudos no setor vitivinícola, realizados no Brasil e na França de julho de 2009 a junho de 2010. O primeiro, de natureza qualitativa, visou a uma contextualização do setor vitivinícola mundial e nos países investigados. Também se conduziu um estudo de múltiplos casos em seis vinícolas com atuação internacional, sendo três francesas localizadas no cluster da Provence e três brasileiras situadas no cluster da Serra Gaúcha. O estudo quantitativo na França abrange 130 vinícolas localizadas em clusters diferentes, sendo 50 em Languedoc, 21 na Provence, 33 no Vallée du Rhône e 26 de outros clusters franceses. No Brasil, a amostra foi formada por 18 vinícolas, que correspondem à população de vinícolas com atuação internacional pertencentes ao cluster da Serra Gaúcha em 2010. No estudo qualitativo, as evidências confirmaram que os recursos compartilhados e desenvolvidos no âmbito do cluster podem influenciar a internacionalização das vinícolas. Nesse sentido, nos casos brasileiros destacou-se o recurso “relações de cooperação horizontais”, enquanto nos casos franceses predominou a influência da “reputação da região”. Na elaboração de uma estratégia de internacionalização coletiva para as empresas do cluster, identificou-se a importância da governança do cluster no desenvolvimento e implementação desta estratégia. O estudo quantitativo no Brasil apresenta uma análise estatística descritiva do processo de internacionalização das vinícolas exportadoras. Na França, além da análise descritiva, procedeu-se uma análise fatorial dos recursos e o teste das quatro hipóteses de pesquisa propostas. Constatou-se que as empresas localizadas em diferentes clusters apresentaram um desempenho exportador diferente, bem como identificou-se que os recursos do cluster ligados ao fator “terroir e instituições” são percebidos de maneira diferente pelas empresas pertencentes a clusters diferentes. Entretanto, rejeitou-se a hipótese de que empresas com desempenho exportador inferior perceberão os recursos do cluster como mais importantes do que os recursos singulares para a internacionalização da empresa. Também se verificou que as empresas com desempenho exportador superior percebem os recursos singulares ligados ao fator “comercial” como mais importantes do que as empresas de desempenho exportador inferior. Considerando o tempo de internacionalização, os resultados indicam que as empresas com menor tempo de atuação internacional consideram os recursos singulares mais importantes do que os recursos do cluster, enquanto as com maior tempo de internacionalização percebem os recursos do cluster como mais importantes do que os singulares. Os resultados também indicam que recursos do país, como a reputação, podem trazer ma vantagem competitiva no processo de internacionalização das empresas, sendo esse efeito de maior relevância em setores como o vitivinícola. Novas pesquisas poderão se aprofundar no impacto desses recursos no desempenho e na internacionalização das empresas.
Abstract This thesis aims to analyse the effects of existing resources related to wine clusters towards the internationalisation process in the wine industry. This work is based on the assumption that ‘belonging to clusters’ facilitates access to resources that influence the internationalisation process. Notably, there is a growing concern over the importance of the region where the companies are based in order to increase the product’s value and achieve competitive potential. It is also worth noting that the ‘region of origin’ may indicate the level of wine quality and thus determine the consumers’ choice. As such, this shows the need to analyse the resources associated with the region and their effects towards the internatiolisation process within the wine industry. This investigation was conducted in Brazil and France from July 2009 to June 2010. The first part of this research is qualitative and addressed generally the international wine industry, and particularly the Brazilian and French contexts. This qualitative study include a multiple case study that involved six wineries with international operation: (i) three companies based in ‘Serra Gaúcha,’ Brazil; and (ii) three companies based in ‘Provence,’ France. The second part of this research is survey conducted in France and Brazil.. In France, this survey included 130 wineries located in different geographical clusters (50 in ‘Languedoc,’ 21 in ‘Provence,’ 33 in ‘Vallée du Rhône’ and 26 amongst other French clusters). In Brazil, the investigation included 18 wineries. The qualitative study showed that the resources shared within the geographical cluster may influence the internationalisation process of wineries. Notably, the resource ‘horizontal cooperation relationships’ predominated in the Brazilian cases, whereas the resource ‘geographical region reputation’ predominated in the French context. In addition to this, the governance of cluster proved to be an important element for the strategy of the internationalisation process. The Brazilian survey includes an statistical analysis, whereas the French survey includes not only an statistical analysis but also hypothesis testing. The analysis showed that companies located in different clusters presented different export performance. In addition, clusters´ resources (eg ‘terroir' and ‘institutions’) are perceived differently in different clusters. Further, companies with superior export performance perceived the ‘singular resources’ associated with the commercial factor as more important than companies with inferior export performance. None the less, the hypothesis that companies, with inferior export performance perceive the resources of the cluster as more important than ‘singular resources’ was not confirmed. The results indicated that national resources (eg ‘reputation’) may lead to competitive advantage within the internationalisation process. Further research may explore the impact of these resources towards the performance and internationalisation process of wineries.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/27963
Arquivos Descrição Formato
000766421.pdf (3.374Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.