Repositório Digital

A- A A+

Custo direto do tratamento de pacientes com esquizofrenia na rede hospitalar do sus e particular, no municipio de Porto Alegre-RS

.

Custo direto do tratamento de pacientes com esquizofrenia na rede hospitalar do sus e particular, no municipio de Porto Alegre-RS

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Custo direto do tratamento de pacientes com esquizofrenia na rede hospitalar do sus e particular, no municipio de Porto Alegre-RS
Autor Engracio, Ana Alice Rodrigues
Orientador Rosa, Roger dos Santos
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Medicina. Curso de Especialização em Saúde Pública.
Assunto Custos de cuidados de saúde
Esquizofrenia
Prognóstico
Saúde pública
[en] Direct costs
[en] Prognosis of schizophrenia
[en] Schizophrenia and disorders with psychotic features
Resumo A preocupação com a saúde e os benefícios dos medicamentos e terapias ao paciente continua sendo o foco da medicina, mas conhecer os custos envolvidos e fazer a gestão dos recursos disponíveis é fundamental na atualidade. A esquizofrenia é um dos transtornos mentais de mais elevado custo. O custo direto da esquizofrenia para a sociedade é o valor do tratamento mediante internação, tratamento ambulatorial, custos residenciais e com serviços de confinamento, serviços médicos e custos referentes a outros profissionais da área da saúde, além de medicação. O presente trabalho objetivou identificar os custos diretos no tratamento de pacientes com esquizofrenia, na rede hospitalar do SUS e particular no município de Porto Alegre, comparando as diferentes estruturas de atendimento oferecidas. Foi verificado que no município, o paciente pode encontrar, em relação aos custos diretos, valores que variam entre 200% a 800% na rede particular que oferta os serviços para este tratamento. Com relação à rede SUS e a particular a diferença mínima ficou em 267% e a máxima chega a 805%. O valor médio das AIHs no ano de 2009, ficou em R$ 1.184,00 (hum mil cento e oitenta e quatro reais). Comparando este com o de 2008, este teve um acréscimo de 12,4%. A presente pesquisa mostrou que há desigualdade no acesso aos serviços de saúde para tratamento desse transtorno, pois o sistema público não dá conta da demanda, em função da redução dos leitos (nesse caso, questiona-se o papel do Estado enquanto agente estruturador das condições necessárias para viabilização de um tratamento eficaz do paciente). Tais condições objetivas fazem com que o paciente (ou seu familiar) procure a rede particular para iniciar ou dar continuidade em seu tratamento.
Abstract The concern with health and benefits of drugs and therapies to the patient remains the focus of medicine, but to know the costs involved and make the management of available resources is essential nowadays. Schizophrenia is a mental disorder of the highest cost. The direct cost of schizophrenia to society is the value of treatment on hospitalization, outpatient treatment, residential costs and containment services, medical services and costs relating to other health professionals, and medication. This study aimed to identify the direct costs of treating patients with schizophrenia, the national health system hospitals and particularly in the city of Porto Alegre, comparing the different structures of care offered. It was found that the municipality, the patient can find in relation to direct costs, values ranging from 200% to 800% in private institutions that offer services for this treatment. Regarding the public health system and particularly the minimum difference was at 267% and the maximum reaches 805%. The average value of AIH in 2009, was R$ 1,184.00 (one thousand one hundred and eighty-four reais). Comparing this with 2008, this had an increase of 12.4%. This research showed that there is unequal access to health services for treatment of this disorder, because the public system does not cover the demand, due to the reduction of beds (in this case, the article discusses the role of the state as an agent structuring the conditions necessary for facilitation of effective treatment of the patient). These objective conditions make the patient (or his family) look for the particular network to start or continue their treatment.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/28087
Arquivos Descrição Formato
000767463.pdf (1.072Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.