Repositório Digital

A- A A+

O ciclo da dívida e a evolução das contas externas do Brasil de 1994 a 2009

.

O ciclo da dívida e a evolução das contas externas do Brasil de 1994 a 2009

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O ciclo da dívida e a evolução das contas externas do Brasil de 1994 a 2009
Autor Matos, Mirian da Silva
Orientador Monteiro, Sergio Marley Modesto
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Ajuste economico
Balanço de pagamentos
Brasil
Dívida externa
Globalizacao financeira
História econômica
Política econômica
[en] Debt cycle
[en] External debt
[en] Real plan
Resumo O presente trabalho objetiva analisar a evolução das contas externas do Brasil no período após o Plano Real, bem como as modificações ocorridas em sua composição ao longo dos últimos quarenta anos. Sob o referencial da Teoria do ciclo da dívida, pretende-se identificar a fase do ciclo em que se encontra a economia brasileira, e se está ingressando em novo estágio após recente anúncio de reversão da dívida externa líquida para crédito externo líquido. A expansão da industrialização brasileira nas décadas de 1970 e 1980 foi realizada com forte endividamento externo, predominantemente contratual e em moeda estrangeira. A estabilização econômica em 1994 também provocou aumento do endividamento externo, mas composto por diferentes elementos, que se somaram à expansão comercial entre 2003 e 2006, permitindo que em 2007 a dívida externa líquida fosse revertida. A elevação do saldo das reservas foi obtida pelo aumento das exportações nos anos recentes, mas também em grande medida pelo ingresso de investimento estrangeiro, não se enquadrando na mudança de fase do ciclo da dívida por não ser predominantemente de exportações e serviços.
Abstract The present work aims to analyze the evolution of Brazil’s external accounts in the post-real time, as well as any changes in its composition over the last forty years. Under the reference of the Debt Cycle Theory, we intend to indentify which stage of the cycle the Brazilian economy is, and if it’s entering a new stage after the recent announcement that the net external debt became to an external credit. The expansion of Brazilian industrialization in the 1970s and 1980s was done with heavy external borrowing, contractual and predominantly in foreign currency. The 1994 economic stabilization has also increased the external debt, but composed of different elements, which joined the trade expansion between 2003 and 2006, leading an external debt reversion in 2007. The reserve raising was achieved by an exports increase in recent years, but, in large measure, by external investments income too, not fitting in the debt cycle phase change because it’s not predominantly from exports and services.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/28131
Arquivos Descrição Formato
000765491.pdf (599.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.