Repositório Digital

A- A A+

Autópsia de um passado : uma leitura de Dois Irmãos (2000) e Cinzas do Norte (2005), de Milton Hatoum

.

Autópsia de um passado : uma leitura de Dois Irmãos (2000) e Cinzas do Norte (2005), de Milton Hatoum

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Autópsia de um passado : uma leitura de Dois Irmãos (2000) e Cinzas do Norte (2005), de Milton Hatoum
Autor Welter, Juliane Vargas
Orientador Araújo, Homero José Vizeu
Data 2010
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Critica e interpretacao
Crítica literária
Ditadura militar
Estudos literários
Hatoum, Milton, 1952-, Dois irmãos
Hatoum, Milton, 1952-, Dois irmãos
Literatura brasileira
Literatura e História
Memória e História
Memória literária
Romance histórico
[en] Caio Fernando Abreu
[en] Chico Buarque
[en] Memory
[en] Military dictatorship
[en] Milton Hatoum
[en] Revolutionary romanticism
Resumo O presente trabalho tem como indagação central as reflexões acerca da ditadura militar na literatura brasileira contemporânea, centrando-se nos romances de Milton Hatoum, Dois irmãos (2000) e Cinzas do Norte (2005). O trabalho dividi-se em quatro eixos: o primeiro contempla as produções artísticas dos anos 50 e 60 marcadas pelo romantismo revolucionário e pela utopia de uma país novo; em um segundo momento, o desencanto da esquerda nos anos 70 é o foco principal; logo após, no terceiro eixo, trabalha-se com a variante distópica, tendo as obras Onde andará Dulce Veiga (1990), de Caio Fernando Abreu, e Benjamim (1995), de Chico Buarque, papéis cruciais. O quarto eixo refere-se à literatura produzida pós anos 2000, o foco principal desta dissertação: a obra de Milton Hatoum, aqui limitada aos romances já citados. Através da análise dos romances supracitados busca-se localizar a reflexão feita pelos intelectuais Caio Fernando Abreu, Chico Buarque e Milton Hatoum, anos após o fim do regime: trauma ou acerto de contas? Através do tratamento literário dado ao tema em seus romances, Milton Hatoum, de forma díspar a Caio Fernando Abreu e Chico Buarque, mostrar-nos-á uma reflexão mais madura, baseada no papel da escrita, ou seja, no desempenho da função do intelectual, que transmite e trabalha a sua memória através da narrativa.
Abstract The present work has it central indagation focused in the thoughts about the military dictatorship in the contemporary Brazilian literature, having focus in the Milton Hatoum's romances, Dois irmãos (2000) and Cinzas do Norte (2005). This work divide itself in four axis: the first one contemplates the artistic productions of the 50's and 60's that were marked by the revolutionary romanticism and the utopia of a new country; in a second moment, the disenchantment of the left in the 70's is the main focus, soon after that, in the third axis, it will be worked the distopic variant, with the works Onde andará Dulce Veiga (1990), from Caio Fernando Abreu and Benjamin (1995), from Chico Buarque having crucial papers. The fourth axis refers itself to the literature produced after the 2000's, the main focus of this dissertation: the work of Milton Hatoum, here taken by the already named romances. Through analysis of the romances named above, we intend to localize the reflexions made by the intellectuals Caio Fernando Abreu, Chico Buarque and Milton Hatoum, years after the end of the regime: trauma or reckoning? Through the literary treatment given to this theme in theirs romances, Milton Hatoum differs itself to Caio Fernando Abreu and Chico Buarque, showing us a more mature thought, based on the role of writing, or in another word, in the development of the function of the intellectual, capable of transmitting and working its memory through the narrative.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/28765
Arquivos Descrição Formato
000770405.pdf (1.325Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.