Repositório Digital

A- A A+

Prevalência de Síndrome Metabólica em uma população de pacientes com excesso de peso : funcionários de um hospital de referência

.

Prevalência de Síndrome Metabólica em uma população de pacientes com excesso de peso : funcionários de um hospital de referência

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Prevalência de Síndrome Metabólica em uma população de pacientes com excesso de peso : funcionários de um hospital de referência
Outro título Prevalence of metabolic syndrome in a population of overweight workers at a reference hospital
Autor Winter, Jacqueline Jacques
Canani, Luis Henrique Santos
Rodrigues, Ticiana da Costa
Trindade, Damasio Macedo
Resumo Objetivo: Avaliar a prevalência da síndrome metabólica (SM) em uma população de pacientes com excesso de peso. Métodos: Estudo transversal realizado com 290 pacientes atendidos no ambulatório de medicina interna do Serviço de Medicina Ocupacional do Hospital de Clínicas de Porto Alegre, que consultaram por queixa de excesso de peso. Os critérios de inclusão foram idade acima de 18 anos, índice de massa corporal igual ou superior a 25 kg/m2 e ausência de diabetes melito. A SM foi definida segundo os critérios do National Cholesterol Education Program Adult Treatment Panel III. Resultados: A prevalência geral da SM neste grupo de indivíduos foi de 20,0%. Quando avaliamos apenas os pacientes com obesidade, a prevalência foi de 24,6%. Conclusões: A prevalência da SM foi semelhante à da população em geral, mesmo no grupo de obesos – um grupo teoricamente com maior risco de desenvolvimento da síndrome.
Abstract Objective: To evaluate the prevalence of metabolic syndrome (MS) in a population of overweight patients. Methods: A crosssectional study was conducted in 290 patients, regularly receiving care at the internal medicine ambulatory of the Division of Occupational Medicine at Hospital de Clínicas de Porto Alegre, who had complaints of overweight. Inclusion criteria were age over 18 years, body mass index equal or higher than 25 kg/m2 and absence of diabetes mellitus. MS was defined according to criteria by the National Cholesterol Education Program Adult Treatment Panel III. Results: Prevalence of MS in this group of individuals was 20.0%. When only patients with obesity were assessed, prevalence was 24.6%. Conclusions: Prevalence of MS was similar to that of the general population, even in the group of obese patients, a group that theoretically has higher risk of developing MS.
Contido em Revista HCPA. Porto Alegre. Vol. 27, n. 3 (2007), p. 27-30
Assunto Metabolismo
Peso corporal
[en] Metabolic syndrome
[en] Obesity
[en] Overweight
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/28916
Arquivos Descrição Formato
000727062.pdf (114.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.