Repositório Digital

A- A A+

Quando a regra é manifestar-se : a trajetória de alunos chineses na contação de histórias

.

Quando a regra é manifestar-se : a trajetória de alunos chineses na contação de histórias

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Quando a regra é manifestar-se : a trajetória de alunos chineses na contação de histórias
Autor Balestro, Ana Cristina
Orientador Castiglioni, Ruben Daniel Méndez
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Curso de Letras: Língua Moderna: Inglês: Licenciatura.
Assunto Aluno estrangeiro
Contação de histórias
Lingua portuguesa (lingua estrangeira)
[en] Chinese students
[en] Cultures of teaching and learning
[en] Participation
[en] Portuguese as an additional language
Resumo Este trabalho tem como objetivo observar e descrever a trajetória de participação de alunos chineses expostos a novas práticas de ensino de Português como Língua Adicional no Brasil, no curso de Contação de Histórias, oferecido pelo Programa de Português para Estrangeiros – UFRGS. Discuto a noção de culturas de ensino e aprendizagem, relacionando-a com a participação dos alunos na sala de aula. Contrastando as práticas de ensino frequentes no ensino de língua na China com as práticas no curso de Contação de Histórias, analiso como alunos chineses participam nas tarefas pedagógicas propostas ao longo dos dois primeiros meses de curso e reflito sobre a possível relação entre essa trajetória e suas culturas de ensino e aprendizagem. Os dados foram gerados por meio da observação e da gravação audiovisual de oito aulas a partir início do curso e de conversas informais com alunos e professora, registradas em diário de campo. Através da análise das atividades desenvolvidas em sala de aula, pude constatar que foi necessário que os alunos compreendessem o que era esperado quanto a sua participação nas tarefas pedagógicas propostas em sala de aula, para construir em conjunto um ambiente no qual poderiam superar desafios em busca de novas maneiras de aprender.
Abstract This study aims at observing and describing the participation of Chinese students exposed to new methods of teaching Portuguese as an Additional Language, in Brazil, in a Storytelling course offered by the Program of Portuguese for Speakers of Other Languages - UFRGS. The students’ participation in class is discussed based on the concept of cultures of teaching and learning. Language teaching practices in China are contrasted with the practices in the course of Storytelling to understand how Chinese students participate in the pedagogical tasks proposed during the first two months of the course, and the way they engage in the tasks is analyzed in relation to their cultures of teaching and learning. Data were generated through observation and audio-visual recording of the first eight classes of the course and through informal conversations with students and teacher, recorded in field diaries. The analysis of the activities developed in class shows that it was necessary for students to understand what was expected from them in terms of their participation in the pedagogical tasks proposed so that they could jointly create an environment in which they could face and meet the challenge of dealing with new ways to learn.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/29142
Arquivos Descrição Formato
000775897.pdf (397.3Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.