Repositório Digital

A- A A+

'E se os outros puderem me entender?' : os sentidos da comunicação alternativa e suplementar (CAS) produzidos por educadores especiais

.

'E se os outros puderem me entender?' : os sentidos da comunicação alternativa e suplementar (CAS) produzidos por educadores especiais

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título 'E se os outros puderem me entender?' : os sentidos da comunicação alternativa e suplementar (CAS) produzidos por educadores especiais
Autor Rodrigues, Graciela Fagundes
Orientador Passerino, Liliana Maria
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Comunicação alternativa
Educação continuada
Inclusão social
Sala de recursos
Tecnologia assistiva
[en] Alternative communication
[en] Assistive technology
[en] Continuing education
[en] Resource room
[en] Social inclusion
[en] Special education
[es] Comunicación alternativa
[es] Educación continua
[es] Educación especial
[es] Inclusión social
[es] Sala de recursos
[es] Tecnología assistiva
Resumo Com o propósito de investigar a relação entre Comunicação Alternativa e Suplementar (CAS) e a Educação Especial, esta dissertação direcionou-se a conhecer os sentidos atribuídos à CAS por educadores especiais que atuam na Sala de Integração e Recursos (SIR) da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre/RS (RME). Para isso, os objetivos delineados voltaram-se para a análise dos sentidos produzidos acerca da CAS, investigar como CAS está sendo construída, enquanto área de conhecimento, pelos educadores especiais e identificar as necessidades de formação permanente relativas à implementação da CAS no trabalho articulado entre a SIR e a sala de aula comum. A perspectiva teórica que perpassa o trabalho localiza-se na teoria sócio-histórica. O conceito de sentido adotado é entendido, a partir dessa teoria, como contextual, reconstruído por cada sujeito a partir de suas práticas sociais e resultantes dos significados. Estes delimitam as palavras, o que viabiliza a linguagem humana. A metodologia desenvolvida, para os objetivos delineados, foi a de Grupo Focal combinada com observações realizadas pela pesquisadora nas SIRs, onde atuam os educadores especiais envolvidos na pesquisa. Participaram 08 (oito) educadoras especiais, todas atuando em SIR e que atendiam pelo menos um aluno/a com ausência ou dificuldade na expressão da linguagem oral. A dissertação discute e analisa este contexto da SIR, como o espaço do atendimento educacional especializado da RME. As análises sinalizaram que os sentidos para o profissional da Educação Especial, que atua na SIR acerca da CAS, focalizaram-se na relevância dos aspectos orgânicos do aluno decorrentes da deficiência para justificar a não utilização da CAS. Tal sentido evidencia a CAS como um recurso que favorecerá a comunicação somente daqueles alunos onde o quadro orgânico não for tão limitador. No entanto, constatou-se que as educadoras especiais estão promovendo meios alternativos de comunicação, seja com fotos, objetos concretos ou com recursos de informática. No âmbito da prática, elas percebem a necessidade da presença da Tecnologia Assistiva (TA), porém tal constatação suscita insegurança, pois ainda não é uma área de conhecimento próxima da sua formação docente e das suas práticas pedagógicas. A inserção da CAS, nos espaços da SIR e, consequentemente, para além dela, mostrou-se como perspectiva e não como ação planejada e sistemática. Assim, uma análise crítica, não somente sobre a chegada dos recursos de TA nas salas de recurso, com ênfase para a CAS, e suas repercussões para o educador especial – que assume inicialmente a função de operacionalizar tais recursos - é indispensável para a CAS ser utilizada não só na SIR, mas pelas Escolas.
Resumen Con el objetivo de investigar la relación entre Comunicación Aumentativa y Alternativa(CAS) y Educación Especial, esta disertación está dirigida a conocer los sentidos asignado a la CAS para los educadores especiales que trabajan en la Sala e Integración y Recursos (SIR) de la Red Municipal de Educación de Porto Alegre/RS (RME). Para eso, los objetivos descritos se direcionaran hacia el análisis de los sentidos producidos sobre CAS, investigar como a CAS está construyendose, como un campo de conocimiento, por los educadores especiales y identificar necesidades de capacitación para la aplicación de la CAS en un trabajo conjunto entre SIR y el salón de clases comun. La perspectiva teórica el trabajo se basa, se encuentra en la teoria sócio-histórica. El concepto de sentido es adoptado de esta teoría como contextuales, reconstruído por cada persona en sus prácticas sociales y resultantes de los significados. Estos delimitan las palabras que hacen el lenguaje humano posible. La metodología desarrollada para los objetivos planteados, fue la de Grupo Focal en combinación con observaciones hechas por la investigadora en la SIR donde trabajan los educadores especiales. Participaran 08 educadoras especiales, todas trabajando en la SIR y que atendian al menos un alumno/a con ausência o dificultad en la expresión del lenguaje oral. En la disertación se discute y analiza el contexto de la SIR como el espacio del atendimiento educacional especializado de la RME. Los análisis indicaron que los sentidos para el profesional de la Educación Especial que atua en la SIR sobre la CAS, se centro en la pertinência de los aspectos orgânicos que surjan de la discapacidad para justificar el no uso de la CAS. Este sentido, muestra la CAS como un recurso que permitirá comunicarse sólo aquellos estudiantes que las características orgânicas no es tan limitante. Sin embargo, se encontro que las educadoras especiales promueven médios alternativos de comunicación, ya sea con fotos, objetos concretos o recursos de computación. En el contexto de la práctica, se dan cuenta de la necesidad de la presencia de Tecnología Assistiva (TA), pero tal resultado produce incertidumbre, porque no es, todavia, un área de conocimiento cerca de la formación docente y de las prácticas pedagógicas. La introducción de la CAS en los espacios de la SIR y más allá por lo tanto, ha demostrado ser una perspectiva y no una acción sistemática y planificada. Por lo tanto, un análisis crítico no sólo de la llegada de los recursos de TA, con énfasis en CAS, en las SIR, pero ¿qué repercusiones tienen para el educador especial que, en un principio, asume la tarea de poner en funcionamiento estos recursos? Son cuestiones indispensables para CAS ser utilizada no sólo en la SIR, sino por las Escuelas.
Abstract Intending to investigate the relation between Alternative Communication and Augmentative (CAS) and the Special Education, this research is directed to investigate the senses attributed to the CAS for special educators who act in the Room of Integration and Resources (SIR) of the Municipal Network of Education of Porto Alegre /RS (RME). In this way, the objectives who have been announced had been turned toward the analysis of the senses produced concerning the CAS; to investigate as CAS are being constructed, while knowledge area, for the special educators, and to identify the relative necessities of permanent formation to the implementation of the CAS in the work articulated between the SIR and the common classroom. The theoretical perspective used in this investigation is situated in the partner historical theory. The concept of sense adopted direction is understood, from this theory, as a contextual, reconstructed by each subject to leaving of its practical social and resultant of the meanings. These helps to delimit the words what makes possible the language human. The methodology developed for the objectives outlined is the Focus Group which were combined with observations made by the researcher in which they operate SIRs special educators involved in research. Eight (08) special educators had participated. All of them acting in SIR and tooking care of at least one student with absence or difficulty in the expression of the verbal language. The research argues and analyzes this context of the SIR, as the space of the specialized educational attendance of the RME. The analyses had signaled that the senses for the professional of the Special Education that acts in the SIR concerning the CAS, had been focused in the relevance decurrent the organic aspects of the deficiency pupil to justify not using the CAS. Such senses, evidences the CAS as a resource that will only be favorable the communication of those pupils where the organic picture is not so limited. However, there are evidences that the special educators are promoting half alternative of communication, either with photos, concrete objects or with computer resources. In the practical scope they perceive the necessity of the Assistive Technology (TA), however such result excites unreliability, therefore not yet it is an area of their knowledge next to its pedagogical practical teaching formation. The insertion of the CAS, in the spaces of the SIR and, consequently, stops beyond it, were revealed as a perspective and not as a planned and systematic action. Thus, the critical analysis not only on arrival of resources TA, with emphasis for CAS, in rooms of resources, however that repercussions acquire for the special educator who assumes, initially, the function of employed such resources, are indispensable it CAS to be used not alone in the SIR but by the Schools.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/29297
Arquivos Descrição Formato
000776139.pdf (1.713Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.