Repositório Digital

A- A A+

A redução gerencial e a transposição do planejamento estratégico no Banco Central do Brasil

.

A redução gerencial e a transposição do planejamento estratégico no Banco Central do Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A redução gerencial e a transposição do planejamento estratégico no Banco Central do Brasil
Autor Rosso, Vagner Fantinel de
Orientador Klering, Luis Roque
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Banco Central do Brasil.
Gestão de processos
Planejamento estratégico
Resumo Nas duas últimas décadas, a administração pública brasileira tem respondido à pressão para aumentar a eficiência de seus processos gerenciais valendo-se do conhecimento acumulado na iniciativa privada. O Banco Central do Brasil, autarquia federal vinculada ao Ministério da Fazenda, tem buscado aumentar sua eficiência pela importação de modelos e ferramentas gerenciais. Uma dessas ferramentas é o planejamento estratégico, resultado de uma longa tradição em planejamento e em estratégia, concebida no campo militar e depois apropriada pelo setor empresarial. Várias abordagens procuram explicar o fenômeno da transposição de tecnologias gerenciais e, dentre elas, destaca-se a redução gerencial (Bergue, 2009), modelo desenvolvido a partir da redução sociológica de Guerreiro Ramos (1996). Esta abordagem traz para o campo da gestão o caráter crítico e reflexivo inerente à redução sociológica e fornece cinco categorias teóricas de análise para o estudo do fenômeno. Essas categorias procuram evidenciar a capacidade dos atores organizacionais de perceber o contexto em que a organização está inserida, reconhecendo seus condicionantes, e o contexto em que as tecnologias gerenciais são produzidas, identificando seus conceitos e pressupostos essenciais, para, criticamente, os ressignificar e tomar como base para a construção de soluções gerenciais orientadas à realidade da organização. A pesquisa tem como foco a transposição do planejamento estratégico no Banco Central do Brasil, em seus processos de apropriação e absorção, valendo-se das categorias fornecidas pela redução gerencial. Os resultados apontam que os servidores percebem as mudanças no contexto organizacional, mas aceitam-nas como inevitáveis, buscando a conformidade da organização. Também ficou evidenciado o grande valor atribuído ao conteúdo externo, mas a busca por sua adaptação ao contexto local denota a presença de senso crítico, voltado para as atividades práticas e à solução de problemas. Não foi percebido na organização um esforço sistemático para identificar e ressignificar os conceitos e pressupostos essenciais do planejamento estratégico. Como contribuição deste estudo à melhor assimilação da tecnologia na organização, foram identificados os conceitos e pressupostos essenciais do planejamento estratégico e sistematizados os termos a eles associados nos documentos pesquisados. Por fim, ficou evidenciada a capacidade do modelo da redução gerencial de fornecer uma compreensão mais aprofundada do fenômeno, permitindo tanto criticar quanto subsidiar o processo de transposição, tornando-o mais orientado às necessidades organizacionais.
Abstract In the last two decades, the Brazilian public administration has responded to pressure to increase the efficiency of its management processes drawing on the accumulated knowledge in the private sector. The Central Bank of Brazil, federal autarchy under the Ministry of Finance, has sought to increase its efficiency by importing models and management tools. One such tool is the strategic planning, result of a long tradition in planning and strategy, conceived in the military and then appropriated by the business sector. Several approaches try to explain the phenomenon of transposition of management technology and, among them, there is the managerial reduction (Bergue, 2009), a model developed from the sociological reduction of Guerreiro Ramos (1996). This approach brings to the field of management the critical and reflexive nature inherent in the sociological reduction and provides five theoretical categories of analysis to study the phenomenon. These categories try to demonstrate the ability of organizational actors to understand the context in which the organization operates, recognizing its limitations, and the context in which the managerial technologies are produced, identifying their concepts and assumptions, to critically give new meaning and take them as a basis for building management solutions geared to the reality of the organization. The research focuses on the transposition of strategic planning at the Central Bank of Brazil, in their processes of appropriation and absorption, making use of the categories provided by the managerial reduction. The results indicate that the public servants perceive the changes in the organizational context, but accept them as inevitable, seeking the organization’s conformity. It was also evident the great value attached to external content, but the search for its adaptation to local context denotes the presence of critical sense, focused on practical activities and troubleshooting. It was not perceived in the organization a systematic effort to identify and reframe the concepts and assumptions of strategic planning. As a contribution of this study to better assimilation of the technology in the organization, were identified the essential concepts and assumptions of strategic planning and also systematized the terms associated with them in the documents studied. Finally, it is evident the capacity of the model of the managerial reduction to provide a deeper understanding of the phenomenon, allowing both criticize and subsidize the implementation process, becoming more oriented to organizational needs.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/29356
Arquivos Descrição Formato
000777477.pdf (1.688Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.