Repositório Digital

A- A A+

Revisão e análise cladística de Alitocoris Sailer, 1950 (Hemiptera: Pentatomidae)

.

Revisão e análise cladística de Alitocoris Sailer, 1950 (Hemiptera: Pentatomidae)

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Revisão e análise cladística de Alitocoris Sailer, 1950 (Hemiptera: Pentatomidae)
Autor Garbelotto, Thereza de Almeida
Orientador Campos, Luiz Alexandre
Co-orientador Grazia, Jocelia
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Biociências. Programa de Pós-Graduação em Biologia Animal.
Assunto Alitocoris sailer
Chloropepla
Discocephalinae
Filogenia
Hemíptero
Heteroptera
Pentatomidae
Taxonomia
Resumo Alitocoris Sailer, 1950 possui quatro espécies válidas, descritas da América Central, sendo A. schraderi Sailer, 1950 a espécie tipo. O gênero foi reconhecido como parafilético na filogenia de Ochlerini, e o encontro de espécies não descritas das Américas Central e do Sul, supostamente pertencentes a Alitocoris, torna necessária a identificação e caracterização dos grupos monofiléticos. Para tanto foi feita, no software TNT, uma análise cladística de 40 táxons e 88 caracteres morfológicos, incluindo as espécies de Alitocoris e 16 espécies novas. Utilizou-se comparação com grupo externo, buscas heurísticas com o algoritmo TBR, retenção de 100 árvores e 1000 aleatorizações, cálculo de consenso estrito, índice de consistência (CI), de retenção (RI) e suporte de Bremer. O enraizamento dos cladogramas foi feito no grupo externo, Adoxoplatys Breddin, 1903. A análise resultou em 48 cladogramas de 264 passos, CI=39 e RI=64; e consenso com 285 passos, CI=36 e RI=59. Confirmou-se o parafiletismo de Alitocoris, com suas espécies distribuídas em quatro clados distintos. Alitocoris brunneus Sailer, 1950 formou uma politomia com sp. n. 15 e sp. n. 17, clado suportado por uma sinapomorfia exclusiva (Bremer=1) e irmão de sp. n. 5+sp. n. 10, este suportado por sete sinapomorfias sendo uma exclusiva (Bremer=2). Alitocoris schraderi é grupo irmão de sp. n. 11 com suporte de três sinapomorfias homoplásticas (Bremer=1) e A. maculosus Sailer, 1950 irmão de sp. 09, suportado por uma sinapomorfia exclusiva e uma homplástica (Bremer=1), ambos os grupos posicionados em uma politomia. Alitocoris parvus (Distant, 1880) agrupou com as demais nove espécies novas no clado apical sp. n. 07+, com suporte de três sinapomorfias homoplásticas (Bremer=1). Os resultados implicam em modificações na classificação de Alitocoris, que passa a ser composto por A. schraderi e seu grupo irmão sp. n. 11, além de A. maculosus e das espécies novas 6 e 9 que serão mantidas no gênero até que seja possível o esclarescimento de suas relações, com o acrécimo de mais espécimes. As espécies A. brunneus e A. parvus são transferidas a novos gêneros, propostos para os clados a que pertencem, respectivamente A. brunneus* e sp. 07+. O clado sp. n. 5+sp. n. 10 também comporá um novo gênero. Os novos táxons são propostos com base nas sinapomorfias que suportam cada ramo.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/30204
Arquivos Descrição Formato
000776796.pdf (9.699Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.