Repositório Digital

A- A A+

Desenvolvimento e aplicação de um modelo construtivista para o ensino de administração

.

Desenvolvimento e aplicação de um modelo construtivista para o ensino de administração

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Desenvolvimento e aplicação de um modelo construtivista para o ensino de administração
Autor Affeldt, Fabrício Sobrosa
Orientador Santos, Eduardo Ribas
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Administração
Aprendizagem : Administracao
Construtivismo
Ensino
[en] Business
[en] Constructivism
[en] Learning
[en] Teaching
[en] Teaching model
Resumo A presente Tese está inserida no contexto do ensino de Administração, com o desafio de relacionar entre si os conceitos acerca da aprendizagem, do ensino, da Administração de Empresas, da Tecnologia da Informação, do construtivismo e dos ambientes de aprendizagem. Foi tomado como objetivo o de se realizar um estudo original, elaborando uma nova proposta para o ensino e a aprendizagem, com base nos pressupostos do construtivismo, a partir da elaboração de um Modelo Construtivista para o Ensino de Administração. O tema escolhido como ponto de partida foi o da necessidade do entendimento de como os estudantes constroem o seu conhecimento, conforme o que é proposto na teoria da Epistemologia Genética (PIAGET, 1978). O conhecimento se dá através da ação deste indivíduo sobre o objeto sobre o qual ele está aprendendo. Os novos conhecimentos são construídos com base nas estruturas que estes já possuíam previamente, sendo os conhecimentos retirados das ações refletidas sobre os objetos observáveis com os quais o sujeito interage. A ação do sujeito, ao interagir com o objeto em estudo, dá a este indivíduo a oportunidade de atribuir significados àquilo sobre o que ele estiver aprendendo. Na educação, há variados modelos que empregam o construtivismo. Dentre eles, há os: do “design instrucional”; da “cognição situada”; da “instrução ancorada”; da “aprendizagem vivencial”; e o do “aprendizado baseado em problemas”. Além disto, há alguns ambientes que utilizam os pressupostos construtivistas, como os seguintes: “ambientes complexos de aprendizagem”; “ambientes para novas aprendizagens”; e “sistemas de gerenciamento da aprendizagem”. Os atuais modelos de ensino, em Administração, apresentam-se limitados para os novos conhecimentos que são exigidos dos profissionais, dentre eles a autonomia do estudante, a sua capacidade para a tomada de decisões e a socialização. A metodologia utilizada na tese aqui apresentada foi a da “pesquisa-ação”, sendo esta formada pelas etapas: exploratória; principal; de ação; e de avaliação do modelo. O que se propôs na presente Tese foi um Modelo Construtivista para o Ensino de Administração, composto por uma metodologia de ensino e por um ambiente de aprendizagem, ambos elaborados com base nos pressupostos da Epistemologia Genética. O modelo foi formado por “Contextos de Aprendizagem” e por “Situações de Aprendizagem” nos quais os estudantes resolviam problemas empresariais reais, tendo que utilizar as suas concepções prévias, discutir em grupos, tomar decisões e elaborar relatórios para a resolução das situações. Os resultados da presente pesquisa indicam que o modelo proposto atende às seguintes necessidades: elaborar atividades de resolução de problemas; fazer com que os materiais pedagógicos sejam elaborados com base na contextualização; apoiar a construção do conhecimento do estudante; apresentar condições para a realização de atividades contextualizadas, aplicáveis à realidade; de estas serem resolvidas em grupos; e de que tais tarefas sejam realizadas através de problemas que reflitam situações concretas, encontradas no mundo real. A tecnologia, os materiais pedagógicos e o ambiente físico facilitam o processo de construção do conhecimento, tendo sido planejados juntamente com os demais elementos.
Abstract This Doctoral Thesis is in Business teaching context, with the challenge of relating the concepts of learning, teaching, Business Administration, Information Technology, constructivism and learning environments. It was defined as objective to realize an original study, building a new purpose for teaching and learning, based on constructivism assumptions, through the development of a Constructivist Business Teaching Model. The theme chosen as a start point was the need of understanding how students construct their knowledge according to the assumptions of Genetic Epistemology theory (PIAGET, 1978). Knowledge creation occurs through the action of these individuals over the object that is being learned. New knowledge is constructed based on structures that have already been constructed, being the knowledge withdrawn reflected action over observable objects they interact with. The individual action, interacting with the object being studied, gives him the opportunity of making sense about the subjects being learned. In Education, there is a variety if models that apply constructivism. Among them, there are: “instructional design”; “situated cognition”; “anchored instruction”; “experiential learning”; and “problem based learning”. Therefore, there are some environments that use the constructivism assumptions: “complex teaching learning environments”; “new learning environments”; and “learning management systems”. The current teaching models, in Business area, are restricted regarding new learning requirements by professionals, like student autonomy, his capability of decision making and socialization. The methodology used in the Thesis was the “action research”, constituted by these phases: exploration; principal; action; and model evaluation. The purpose of this Thesis was to present a Constructivist Business Teaching Model, composed by a teaching methodology and a learning environment, both of them created with basis on Genetic Epistemology assumptions. The model was composed by “Learning Contexts” and “Learning Situations” in which students solve real business problems, having to use their previous conceptions, discuss in groups, make decisions and elaborate reports to solve the situations. The results of this research indicate that the proposed model is in accordance with the following needs: elaboration of problem solving activities; develop the pedagogical material based on the contexts; support the knowledge construction of students; to present conditions for contextualized activities, applicable to reality; having these activities solved in groups; the tasks has to be solved through problems that reflect concrete situations, found in real world. The technology, the pedagogical materials and the physical environment enable the knowledge construction process, having being planned with other elements.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/30376
Arquivos Descrição Formato
000781065.pdf (4.935Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.