Repositório Digital

A- A A+

Análise da utilização das atividades de pequenos grupos, na forma de círculos de controle de qualidade, em uma pequena empresa do setor metal-mecânico do Rio Grande do Sul

.

Análise da utilização das atividades de pequenos grupos, na forma de círculos de controle de qualidade, em uma pequena empresa do setor metal-mecânico do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da utilização das atividades de pequenos grupos, na forma de círculos de controle de qualidade, em uma pequena empresa do setor metal-mecânico do Rio Grande do Sul
Autor Henkin, Carlos Gitz
Orientador Ruas, Roberto Lima
Data 1997
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Controle de qualidade : Grupo de trabalho : Japao : Brasil : Estudo de caso : Industria metal mecanica : RS : Ccq
Resumo Como uma das formas de aumentar os níveis de qualidade e produtividade de seus produtos, processos e serviços, as empresas vêm investindo intensamente no maior envolvimento dos seus empregados no trabalho. Desta forma, as Atividades de Pequenos Grupos (APGs) foram altamente difundidas nas empresas japonesas e em muitos outros países. Neste trabalho, busca-se analisar a configuração das APGs do tipo CCQs, à medida que estes são adaptados à empresa pesquisada. Isto será feito observando e caracterizando-se os princípios, propósitos e as limitações do programa de melhorias da' empresa, bem como as insatisfações e dificuldades percebidas e encontradas, respectivamente, pelos seus usuários. Para isso, foi necessário entrevistar o corpo gerencial da empresa (14 entrevistados) e uma amostra de 309 trabalhadores. A investigação é, predominantemente, de natureza qualitativa, uma vez que se fundamentam num estudo de caso, elaborado com base em entrevistas em profundidade (semiestruturadas). Entretanto, com base nos questionários aplicados aos trabalhadores, utilizou-se a estatística descritiva, para facilitar a análise da configuração da referida APG, no sentido de responder algumas questões centrais do problema de pesquisa e os objetivos específicos do trabalho. Os resultados da pesquisa apontam, predominantemente, para uma atitude favorável dos trabalhadores e dos dirigentes da empresa quanto à utilização do PROMECON (Programa de Melhorias Contínuas da empresa) como ferramenta fundamental à Gestão da Qualidade. Entretanto, também se verificou que, diferente da visão dos dirigentes da empresa, para os trabalhadores, este programa possui certas limitações que lhes geram insatisfações. Conforme a análise realizada, o PROMECON caracteriza-se pela sua alta eficiência, em termos de resultados financeiros gerados e baixa eficiência em relação ao gerenciamento de sua estrutura de apoio técnico e funcional. Sua configuração e concepção mostram-se pouco orientadas ao incentivo e eficiência da dinâmica do trabalho em grupo, mas vêm trazendo excelentes resultados, entre eles, altos retornos financeiros à empresa e a certos indivíduos de grupos específicos do programa.
Abstract As a means of boosting the quality and productivity leveis of their goods and services, organizations have been investing intensely in getting their employees more involved in their work. Thus, Small Groups Activities (SGAs) became very popular among Japanese organizations and in many other countries. The object of this work is to try and analyze the configuration of QCC-type SGA's, as they are adapted to the organization being surveyed. This will be done by observing and identifying the principies, aims and limitations of the company's improvement program, as well as the lack of satisfaction and difficulties perceived and found, respectively, by their users. For that it was necessary to interview the organization's management staff (14 people were interviewed) and a sample of 309 workers. The investigation is predominantly of a qualitative nature, since it is based on a case study, set up on the basis of in-depth interviews (semi-structured). However, based on the questionnaire put to the workers, descriptive statistics were used, so as to facilitate the configuration analysis of the mentioned SGA, with a view to providing answers to some central questions in survey problem and the work's specific objectives. The survey's results show a predominantly favorable altitude of company employees and officers regarding the use of PROMECON (the organization's Continued Improvement Program) as a fundamental tool for Quality Management. It was also seen, however, that contrary to the viewpoint held by company officers, this program has, for the workers, certain limitations that cause them dissatisfaction. Pursuant to the analysis carried out, PROMECON stands out for its high efficiency in terms of originated financial results, and low efficiency regarding the management of its technical support and functional structure. Its configuration and conception appear to be poorly oriented to incentive and efficiency of work group dynamics, but they have been bringing in excellent results, among them high financial returns for the company and for certain individuais in specific groups within the program.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31355
Arquivos Descrição Formato
000198113.pdf (2.770Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.