Repositório Digital

A- A A+

Avaliação de parâmetros microbiológicos de potabilidade em amostras de água provenientes de escolas públicas do Estado do Rio Grande do Sul

.

Avaliação de parâmetros microbiológicos de potabilidade em amostras de água provenientes de escolas públicas do Estado do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Avaliação de parâmetros microbiológicos de potabilidade em amostras de água provenientes de escolas públicas do Estado do Rio Grande do Sul
Outro título Assessment of microbiological parameters for potability of water samples from public schools in the state of Rio Grande do Sul, Brazil
Autor Silveira, Joice Trindade
Orientador Cardoso, Marisa Ribeiro de Itapema
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Ciências Básicas da Saúde. Programa de Pós-Graduação em Microbiologia Agrícola e do Ambiente.
Assunto Água : Análise
Escola pública
Qualidade da agua
Rio Grande do Sul
Resumo A água utilizada para o consumo humano deve atender a determinados padrões de potabilidade, visto que são muitas as doenças passíveis de veiculação hídrica. Nas escolas, a água é utilizada, além do consumo direto, para a preparação de refeições e a higienização de instalações. O objetivo desse trabalho foi verificar a adequação de amostras de água de consumo humano, colhidas em escolas públicas do Estado do Rio Grande do Sul, aos parâmetros microbiológicos de potabilidade. Foi conduzido um estudo transversal em 124 escolas distribuídas nas sete mesorregiões do Estado. As amostras foram analisadas quanto à presença de coliformes totais e Escherichia coli, Shigella sp. Foi aplicado um questionário com perguntas sobre o abastecimento de água e avaliados os laudos emitidos pelas empresas prestadoras pelo serviço de abastecimento. Coliformes totais e E. coli foram encontrados em 22,6% e 11,3% das amostras, respectivamente, e observados tanto nas escolas que possuíam reservatório de água, quanto nas que recebiam água diretamente da rede. A mesorregião sudeste apresentou um número de amostras com contaminação fecal significativamente maior (P=0,009). Shigella sp. não foi isolada nas amostras. Dentre as escolas que tinham sua potabilidade atestada por laudos (20,5%) e que informaram possuir reservatório em condições adequadas (13,7%), 95,8% e 95,4%, respectivamente, apresentaram ausência de E. coli nas amostras de água. A partir dos resultados, conclui-se que é prioritário que se estabeleçam rotinas para o monitoramento dos padrões de potabilidade e água e manutenção dos reservatórios, a fim de que se possa fornecer água de qualidade à comunidade escolar.
Abstract Water intended for human consumption is required to meet certain drinking water standards, due to the high likelihood of waterborne disease transmission. In schools, in addition to direct human consumption, water is used for preparing meals and cleaning school facilities. The objective of this study was to assess microbiological parameters for potability of drinking water samples collected from public schools in Rio Grande do Sul, the southernmost state of Brazil. A cross-sectional study was conducted in 124 schools distributed across seven midstate regions. The samples were analyzed for the presence of total coliforms, Escherichia coli, Shigella sp. A questionnaire about water supply was administered, and technical reports issued by companies providing water supply services were analyzed. Total coliforms and E. coli were found in 22.6 and 11.3% of samples, respectively, and observed both in schools that had water storage tanks and those receiving water directly through the public water supply. The southeastern midstate region showed a significantly higher number of samples with fecal contamination (p = 0.009). Shigella sp. was not detected in the samples. Of the schools with a technical report stating that the water was potable (20.5%) and those with water stored in tanks under appropriate conditions (13.7%), 95.8 and 95.4%, respectively, showed no E. coli in water samples. Based on these results, we conclude that it is imperative to establish routines for monitoring drinking water standards and maintenance of water storage tanks in order to provide quality water to the school community.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31703
Arquivos Descrição Formato
000784343.pdf (2.482Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.