Repositório Digital

A- A A+

Estudo dos 12 elementos catalisadores para a promoção de uma equipe de alta performance em empresas do ramo de transporte coletivo de passageiros

.

Estudo dos 12 elementos catalisadores para a promoção de uma equipe de alta performance em empresas do ramo de transporte coletivo de passageiros

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo dos 12 elementos catalisadores para a promoção de uma equipe de alta performance em empresas do ramo de transporte coletivo de passageiros
Autor Rodrigues, Alexandre Michels
Orientador Garay, Angela Beatriz Scheffer
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Programa de Pós-Graduação em Administração.
Assunto Comportamento humano
Gestão de pessoas
Organizações
Resumo O estudo proposto visa discutir os elementos que moldam o comportamento humano e catalisam as ações das chamadas Equipes de Alta Performance (EAP), na tentativa de desafiar os líderes a perceberem, em sua gestão, meios de reparar lacunas e observar quais tópicos norteiam as bases da formação de uma identidade de superação de resultados em uma equipe. As EAP caracterizam-se por buscar o desafio como “produto”, de maneira a criarem as condições necessárias e assumirem os “riscos” do pioneirismo de ações, considerado de empreendedorismo internalizado, sendo o principal fator que motiva seus componentes. A abordagem teórica e prática relacionada a efetivação da pesquisa faz com que este projeto tome formas comparáveis a de um “Manual sobre comportamento”, ou seja, tem-se a intenção de propor um método de desenvolver e implementar equipes com essas características especiais. Para tanto, desenvolveu-se neste estudo fatores internos – dependentes exclusivos do ser humano – e externos – dependentes das construções organizacionais, que aqui são chamados de 12 elementos catalisadores de Equipes de Alta Performance. Esses 12 elementos foram pesquisados em um estudo de múltiplos casos com cinco empresas do setor de transporte coletivo de passageiros, a partir de uma abordagem qualitativa. Foram entrevistados ao todo 40 gestores. Os dados coletados foram analisados tendo como base o referencial teórico construído. Dentre os principais resultados encontram-se: forte tendência ao perfil de comportamento relacionado a “Equipes convencionais” e logo a seguir, também, com bastante relevância, um perfil de “Grupos”; priorização a importância da Liderança para o Desempenho, Visão Estratégica e Confiança e Solidariedade; dentre os elementos considerados menos importantes Criatividade e Inovação e Maturidade Este resultado pode ter influência devido a concessão, medida protecionista que ao mesmo tempo é essencial a sobrevivência destas empresas, mas que pode limitar atividades percebidas como mais competitivas, e pela origem familiar da maioria das empresas.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/31949
Arquivos Descrição Formato
000785738.pdf (2.730Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.