Repositório Digital

A- A A+

Os tempos da docência nas residências em área profissional da saúde : ensinar, atender e (re)construir as instituições-escola na saúde

.

Os tempos da docência nas residências em área profissional da saúde : ensinar, atender e (re)construir as instituições-escola na saúde

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os tempos da docência nas residências em área profissional da saúde : ensinar, atender e (re)construir as instituições-escola na saúde
Outro título Times of teaching at health professional areas residency programs: teaching, health care and (re)construction of health institutions-schools
Autor Fajardo, Ananyr Porto
Orientador Ceccim, Ricardo Burg
Data 2011
Nível Doutorado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação.
Assunto Residência
Residência multiprofissional em saúde
Saúde pública
Sistema Único de Saúde.
[en] Education
[en] Health work
[en] Immaterial work
[en] Multiprofessional health residency
[en] SUS
Resumo Esta tese objetivou compreender as interfaces entre educação e saúde no contexto da educação especializada, especificamente em Programas de Residência Multiprofissional em Saúde. Foi embasada nas contribuições das preceptoras e dos preceptores que atuam na Residência Integrada em Saúde do Grupo Hospitalar Conceição (RIS/GHC), de Porto Alegre, Brasil. As questões orientadoras da pesquisa foram delineadas para identificar o seguinte: 1) fatores que estimulam ou dificultam o trabalho dos preceptores no âmbito da docência, da atenção e do desenvolvimento institucional em saúde; 2) forma como as preceptoras e os preceptores interagem com as equipes multiprofissionais e as/os residentes; 3) aspectos indicativos do trabalho imaterial em um contexto de Residência Multiprofissional em Saúde; e 4) elementos necessários para que uma instituição-escola na saúde promova formação mediante este tipo de Residência. Algumas pistas descobertas permitiram indicar que o trabalho real desenvolvido no exercício da preceptoria resulta em uma sobrecarga de tarefas, ultrapassando fronteiras entre disciplinas, sendo diferente do trabalho prescrito, que é embasado em limites profissionais. Possui valores sem dimensão, pois é impossível mensurá-los pelos critérios vigentes de tempo e espaço. Parece haver uma assincronia entre o que a Residência Multiprofissional em Saúde precisa e o que a instituição-escola na saúde proporciona, sendo um exemplo as diferentes expectativas de seus protagonistas. As proposições estão ligadas às necessidades identificadas de contar com profissionais para prestar atenção à saúde em número proporcional ao tempo que os preceptores dedicam à docência; reconhecer que o trabalho da docência em serviço é permeado pela (re)criação; e proporcionar que o possível seja encarado como potência rumo ao avanço, não à limitação. O ponto de chegada da tese constitui mais uma indicação de continuidade do que um ponto final. O desafio passa a ser reconhecer que a instituição-escola na saúde está em permanente (re)construção.
Abstract This thesis aimed to understand the interfaces between education and health under the context of specialized education, provided by Health Multiprofessional Residency Programs. It was based on the input of the preceptors who are linked to the Residência Integrada em Saúde do Grupo Hospitalar Conceição (RIS/GHC), from Porto Alegre, Brazil. The guiding questions of the research were designed to identify the following: 1) factors that encourage or hinder the work of preceptors within the scope of health teaching, care, and institutional development; 2) how preceptors interact with the multiprofessional teams and the residents; 3) aspects indicating immaterial work in the context of the Multiprofessional Health Residency Program; and, 4) elements that are necessary for a health institution-school to promote education by means of this kind of Residency. Some clues that were found have allowed me to indicate that the real work developed by the preceptors results in an overload of tasks, surpassing frontiers between disciplines, being different from the prescribed work, which is based on professional limits. It has values that cannot be gauged, since it is impossible to measure them according to current criteria of time and space. There seems to be a lack of synchronicity between what the Multiprofessional Residency demands and what the health institution-school provides, one example being the different expectations of its protagonists. The propositions are linked to the identified needs to have enough professionals to provide health care according to the proportion of time the preceptors dedicate to teaching; to acknowledge that the in-service teaching work is permeated by (re)creation; and, to provide that the possible is seen as potency towards the advancement, not limitation. The point reached by this thesis is more an indication to continuation than a final point. The challenge now is to acknowledge that the health institution-school is under permanent (re)construction.
Tipo Tese
URI http://hdl.handle.net/10183/32308
Arquivos Descrição Formato
000785431.pdf (2.126Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.