Repositório Digital

A- A A+

Efetividade da escola postural na diminuição da dor crônica : uma revisão sistemática

.

Efetividade da escola postural na diminuição da dor crônica : uma revisão sistemática

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Efetividade da escola postural na diminuição da dor crônica : uma revisão sistemática
Autor Braga, Rafaela de Macedo
Orientador Vieira, Adriane
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física. Curso de Educação Física: Bacharelado.
Assunto Escola postural
Postura corporal
[en] Back school
[en] Chronic pain
Resumo As dores na coluna afetam em torno de 70% a 80% da população adulta em algum momento da vida e são consideradas uma das razões mais comuns de aposentadoria precoce por incapacidade total ou parcial. O alto custo dos tratamentos e a falta de eficácia das práticas terapêuticas convencionais deram origem à “Back School”, traduzida como Escola Postural (EP). O objetivo deste estudo foi realizar uma revisão sistemática da literatura nos últimos dez anos a fim de verificar a efetividade da Escola Postural na diminuição da dor crônica. A busca foi conduzida nas bases de dados computadorizadas Medline, Embase e Lilacs. Os critérios de busca nas três bases de dados foram artigos randomizados (RCT) sobre a efetividade da Escola Postural publicados nos últimos dez anos. No total, cinco estudos foram incluídos nessa revisão, sendo quatro considerados de alta qualidade. Dois dos artigos considerados nesse estudo foram realizados no Brasil, mostrando o interesse de pesquisadores no país por essa proposta educativa na abordagem de dores crônicas na coluna. Todos os estudos apresentaram resultados positivos quanto à efetividade da Escola Postural a curto e médio prazo. Com esta revisão, podemos concluir que os programas de Escola Postural vêm sendo considerados como uma ferramenta importante tanto no tratamento como na prevenção de dores crônicas na coluna, porém são necessários mais estudos que avaliem essa ferramenta no longo prazo e com procedimentos metodológicos padronizados.
Abstract Spinal pains affect around 70% to 80% of the adult population at some point in life and are considered one of the most common reasons of early retirement for total or partial disability. The treatments’ high cost and the lack of efficiency of therapeutic practices are at the root of Back School’s creation and development. The present study main purpose is to perform a systematic revision of literature from these last ten years to verify the effectiveness of the Back School in reducing chronic pain. The search was conducted on the computerized data bases of Medline, Embase and Lilacs. The search’s criteria for the three data bases were randomized articles (RCT) about Back School’s effectiveness over the last ten years. Overall, five studies were included in this revision, being four considered of high quality. Two of the study’s considered articles were performed in Brazil, demonstrating the country’s researcher’s interests for this educative proposal of approach to chronic pain of spine. Every study analyzed presented positive results for the effectiveness of the Back School in short to mid-terms. With this research we conclude that Back School programs have been considered as an important tool not just in the treatment but also on prevention of spine chronic pains. However, more studies are needed to assess the referred tool in the long-term and with methodological standardize d procedures.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/32340
Arquivos Descrição Formato
000786394.pdf (165.7Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.