Repositório Digital

A- A A+

A postmodernist myth in Gilfriend in a Coma

.

A postmodernist myth in Gilfriend in a Coma

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A postmodernist myth in Gilfriend in a Coma
Autor Jappe, Rodrigo
Orientador Schmidt, Rita Terezinha
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Coupland, Douglas, 1961-, Girlfriend in a coma
Estudos literários
Ideologia e literatura
Literatura canadense
Literatura e sociedade
Mito e literatura
Narrativa literária
Pós-modernismo
Realismo fantástico
Romance
[en] Ideology
[en] Individualism
[en] Master-narratives
[en] Myth
Resumo A investigação do romance Girlfriend in a Coma permitiu perceber alguns elementos centrais que estruturam a obra como mito e paródia. O mundo ficcional é caracterizado por uma sociedade à beira de um colapso devido a sua incapacidade de mudar seu comportamento e sequer consegue perceber o que está errado. Na narrativa são utilizados recursos estéticos identificados com o realismo maravilhoso, pois, juntamente com a descrição de eventos coerentes com a racionalidade humana, há eventos sobrenaturais realizados pelo divino. Nesta narrativa, a ideologia do trabalho árduo como estruturador da vida em uma sociedade democrática e capitalista é esfacelado em vista dos terríveis efeitos sentidos pelos personagens: trabalho extenuante, drogadição, anorexia e individualismo. Com o uso de teoria da narrativa e pós-modernista, argumenta-se que este romance é um ‗mito do novo mundo‘ ao fazer uso da paródia como forma de contestar meta-narrativas, e ao propor novas cosmogonias baseadas na experiência pós-colonial Canadense.
Abstract The investigation of the novel Girlfriend in a Coma revealed some central elements that structure this work as myth and parody. The fictional world is characterized by a society incapable of changing its behavior or even realizing what is wrong with it. In the narrative some aesthetic resources are used which are related to magic realism because, along with the description of events coherent with human rationality, there are supernatural events performed by the divine. In this narrative, the ideology of hard work as the main structure of life in a democratic capitalist society is unveiled, taking into account some terrible effects felt by the characters, such as: overworking, drug addiction, anorexia and individualism. With the use of narrative theory and postmodernist theory, it is argued that this novel is a ‗new world myth‘ because it makes use of parody as a way to refute masternarratives and to suggest new cosmogonies based on the Canadian post-colonial experience.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/33258
Arquivos Descrição Formato
000787506.pdf (687.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.