Repositório Digital

A- A A+

O lúdico e a interdisciplinaridade em sala de aula

.

O lúdico e a interdisciplinaridade em sala de aula

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O lúdico e a interdisciplinaridade em sala de aula
Autor Maus, Carla Rosane
Orientador Porto, Leonardo Sartori
Co-orientador Picetti, Jaqueline Santos
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Ensino a Distância: Licenciatura.
Assunto Interdisciplinaridade
Ludicidade
Relação professor-aluno
Resumo Esta pesquisa é fruto da minha inquietação quanto à presença do lúdico em sala de aula como mobilizador de um trabalho interdisciplinar. Tenho como objetivo refletir sobre a contribuição do lúdico na elaboração de um trabalho interdisciplinar em sala de aula. Busquei informações, teorias e exerci a prática para responder às minhas indagações, estruturando um trabalho em três etapas: o lúdico e a educação, o que é interdisciplinaridade e a análise de atividades interdisciplinar e lúdica em sala de aula. O levantamento do referencial teórico foi realizado por meio de estudos e práticas sobre a importância do lúdico, sua relação com o desenvolvimento e a construção do conhecimento da criança, e como o mesmo pode promover a interdisciplinaridade na sala de aula. A segunda etapa, das coletas de dados, foi realizada no decorrer do estágio curricular do curso de Pedagogia Modalidade a Distância da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Essa foi de forma investigativa e mediante uma pesquisa qualitativa, numa turma de terceiro ano do Ensino Fundamental, de uma escola pública municipal na cidade de Novo Hamburgo. Para mim, as brincadeiras, quando trabalhadas num momento certo e utilizadas para seguirem uma linha de raciocínio sobre o conteúdo escolar, não só podem servir de desafio para que o aluno se torne interessado pelo assunto que o professor quer ensinar, como também podem despertar a vontade do educando sair em busca de novos conhecimentos, explorando-os e expandindo-os. A interdisciplinaridade ocorreu de forma “natural”, pois o lúdico fez um “elo” para que os conteúdos curriculares fossem trabalhados num âmbito globalizado. As evidências são a minha maior força, apresentadas nesse trabalho. É de suma importância relatar que também a partir dos estudos teóricos (SÁ, KISHIMOTO, FORTUNA,...) que no ato do brincar a criança entra em contato com a realidade externa, estabelece vínculos e passa a interagir com o mundo. Assim, inicia-se o conhecimento do mundo e conseqüentemente de si própria, gerando o auto-conhecimento, condição esta imprescindível para a busca de sua autonomia.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35689
Arquivos Descrição Formato
000815777.pdf (352.9Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.