Repositório Digital

A- A A+

Percepção do usuário da atenção primária sobre o acolhimento em unidade de saúde da família

.

Percepção do usuário da atenção primária sobre o acolhimento em unidade de saúde da família

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Percepção do usuário da atenção primária sobre o acolhimento em unidade de saúde da família
Autor Braga, Fabrício Soares
Orientador Witt, Regina Rigatto
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Acesso aos serviços de saúde
Acolhimento : Saúde
Atenção primária à saúde
Resumo Os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde estão imbricados com a proposta de Humanização e Acolhimento. Logo, uma pesquisa sobre o acolhimento na Atenção Primária de Saúde possui a finalidade de promover a reflexão das práticas dos Profissionais de Saúde. O presente estudo tem como objetivo conhecer a percepção dos usuários da atenção primária sobre o processo de acolhimento na unidade básica de saúde da família. Trata-se de um estudo qualitativo, descritivo e exploratório que contou com a participação de onze usuários da unidade de Estratégia de Saúde da Família Santa Tereza. As informações foram coletadas na forma de entrevista semi-estruturada, gravadas e conduzidas pelo próprio pesquisador, no primeiro semestre de 2011, na referida ESF. Após, procedeu-se a Análise de Conteúdo que constou da transcrição das entrevistas, leitura exaustiva de cada uma delas, agrupamento das unidades de sentido. Os resultados foram agrupados em quatro categorias. Quanto à experiência do acolhimento em comparação com outros atendimentos, os usuários referiram maior satisfação, agilidade, atenção, e interesse por parte dos profissionais da ESF Santa Tereza do que em outros serviços que não possuem o processo de acolhimento; na resolutividade do processo de acolhimento, os usuários relataram que existe resolutividade no acolhimento, indicando uma satisfação em relação ao atendimento de suas demandas, os indivíduos obtêm resposta imediata às suas queixas, o que lhes proporciona um alívio e diminuição de ansiedade; quanto ao acolhimento como forma de organização do trabalho, os usuários referem a questão da diminuição de filas e do tempo de espera para atendimento, acesso mais rápido às consulta e exames; nos limites do acolhimento, os usuários não conseguem atendimento devido à delimitação de horário do acolhimento. Concluiu-se que a questão da diminuição de filas e do tempo de espera para atendimento, o acesso agilizado à consulta e aos exames evidenciam a efetividade no decorrer do processo de acolhimento. Os entrevistados referiram a capacidade da equipe da ESF de estabelecer prioridades, proporcionando segurança no decorrer do acolhimento. Como recomendação para o serviço, sugere-se rever o horário do acolhimento, pois a limitação prejudica os usuários.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/35965
Arquivos Descrição Formato
000816440.pdf (2.272Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.