Repositório Digital

A- A A+

Aprendendo e ensinando em ambiente de modelagem matemática

.

Aprendendo e ensinando em ambiente de modelagem matemática

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Aprendendo e ensinando em ambiente de modelagem matemática
Autor Lima, Márcio Albano
Orientador Sant'Ana, Marilaine de Fraga
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Matemática. Curso de Matemática: Licenciatura.
Assunto Educação Matemática
Matemática : Ensino : Aprendizagem
Modelagem matematica
Processo de aprendizagem
[en] Action- reflection
[en] Learning process
[en] Mathematical modeling
Resumo O que me vem à mente quando penso em Matemática? No decorrer de minha formação acadêmica meu interesse se dividiu em duas grandes áreas: Matemática Aplicada e a Educação Matemática. Na intersecção desses dois grandes blocos da Matemática vejo a Modelagem Matemática. Essa, não é simplesmente uma forma de aplicar a Matemática, pois vai além. A Modelagem Matemática trata de investigar situações com problemas que pertencem à realidade, permitindo ao aluno um momento de pesquisa, para levantamento de dados e interação durante a aula. Esses problemas não têm apenas uma resposta, pois o aluno pode escolher os procedimentos e quais dados são importantes para ele. Em uma sala de aula podemos propor exercícios de várias maneiras, mas acredito que é preciso achar uma proposta de trabalho que permita ao aluno se envolver e interagir, para que a matemática não fique rotulada de disciplina da memorização de fórmulas e algoritmos. Ao invés de exigir dos alunos a memorização, podemos construir as fórmulas e procedimentos com eles. O presente trabalho propõe uma forma de condução de aulas, na qual o aluno é envolvido em todos os momentos, ora com mais intensidade, ora com menos intensidade. O mais importante é o envolvimento e interação do aluno, não sua intensidade. Por esse motivo, elaborei um projeto no qual, alunos de um pré-vestibular podem não só se envolver, mas contribuir de forma ativa nos seus processos de aprendizagem.
Abstract What comes to my mind when I think of mathematics? During my academic education my interest was divided into two major areas: Applied Mathematics and Mathematic Education. At the intersection of these two large blocks of Mathematic, I see Mathematical Modeling. This is not simply a form of applied mathematics, because it goes beyond. The Mathematical Modeling is to investigate situations with problems that belong to reality, allowing students a time to search, for data collection and interaction in class. These problems haven´t only one answer, because the student can choose what procedures and data are important to him. In a classroom we can propose exercises in various ways, but I think to be necessary to find a way that allows the student to engage and interact, so that the math does not get labeled as discipline of formulas and algorithms memorizing. Instead of requiring students to memorize, we can build formulas and procedures with them. This work proposes a way of driving lessons, in which the student is involved at all times, sometimes with more, sometimes with less intensity. The most important is the student´s involvement and interaction, not its intensity. For this reason, I developed a project in which students of a pre-university course can not only engage, but contribute actively in the learning process them.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37112
Arquivos Descrição Formato
000819663.pdf (528.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.