Repositório Digital

A- A A+

Identidade, recursos e estratégias : dinâmicas organizativas em uma ONG

.

Identidade, recursos e estratégias : dinâmicas organizativas em uma ONG

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Identidade, recursos e estratégias : dinâmicas organizativas em uma ONG
Autor Stein, Guilherme de Queiroz
Orientador Silva, Marcelo Kunrath
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Filosofia e Ciências Humanas. Curso de Ciências Sociais: Bacharelado.
Assunto Ação coletiva
Identidade
ONG
Resumo Observando uma tendência à fragmentação e à falta de interlocução teórica na atual produção bibliográfica brasileira sobre ação coletiva e associativismo, buscamos nesse trabalho apresentar possíveis encontros entre a Teoria da Mobilização de Recursos e a noção de identidade. Nossa problemática visa responder como aspectos simbólicos e identitários da vida associativa se entrelaçam com a necessidade de mobilizar recursos e tomar decisões estratégicas em um processo organizativo. Para tanto, realizamos pesquisa etnográfica na ONG CAMP, localizada no município de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. A partir de contatos profissionais com entidade, percebemos que seria um local privilegiado para estudar a problemática em questão, em função de sua história e das transformações por que tem passado. Em termos metodológicos nos apoiamos, principalmente, no conceito de identidade de Alberto Melucci e de disputas simbólicas de Pierre Bourdieu. Em um primeiro momento, caracterizamos o espaço social em termos sincrônicos e diacrônicos, assim como situamos a instituição em seu campo de atuação. Logo em seguida, consideramos os dados recolhidos, estabelecendo três dimensões de análise: o entorno, os fins e os meios das ações, observando as relações estabelecidas com as diversas fontes de financiamento e as disputas simbólicas em torno da política de comunicação da ONG. No que se refere aos dados analisados, utilizamos como fontes dados orçamentários, entrevistas, documentos históricos e diários de campo. Nossas conclusões apontam para ocorrência de transformações nas estratégias de mobilização de recursos, ampliação orçamentária e hegemonização de uma lógica de atuação na qual a entidade se caracterizaria como um ator social, sendo esses processos acompanhados por tensões e disputas internas.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37317
Arquivos Descrição Formato
000820348.pdf (1.069Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.