Repositório Digital

A- A A+

Intervenções de enfermagem para pacientes em terapia renal substitutiva com volume de líquidos excessivo e risco para desequilíbrio no volume de líquidos

.

Intervenções de enfermagem para pacientes em terapia renal substitutiva com volume de líquidos excessivo e risco para desequilíbrio no volume de líquidos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Intervenções de enfermagem para pacientes em terapia renal substitutiva com volume de líquidos excessivo e risco para desequilíbrio no volume de líquidos
Autor Magro, Cecília Zys
Orientador Lucena, Amália de Fátima
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem. Curso de Enfermagem.
Assunto Diagnóstico de enfermagem
Terapia de substituição renal
Resumo Trata-se de um estudo de validação de conteúdo das intervenções e atividades de enfermagem propostas na Nursing Interventions Classification (NIC) como prioritárias para os diagnósticos de enfermagem (DEs) Volume de líquidos excessivo e Risco para desequilíbrio no volume de líquidos, a partir da ligação NIC – NANDA I, para pacientes adultos adultos, portadores de IRA ou IRC agudizada, em terapia renal substitutiva (TRS). A relevância desta investigação está em descrever as intervenções e atividades de enfermagem propostas pela NIC, passíveis de utilização na prática clínica. A validação de conteúdo das intervenções e de suas respectivas atividades foi realizada tendo por base o modelo de Fehring, obtendo-se o consenso de 19 enfermeiros peritos atuantes nas unidades Hemodiálise e Centro de Terapia Intensiva (CTI) de um hospital universitário, que concordaram em participar da pesquisa, aprovada em comitê de pesquisa e ética da instituição envolvida. A coleta de dados ocorreu por meio de dois instrumentos. O primeiro incluiu informações que caracterizaram os peritos, além de uma tabela constituída pelas cinco intervenções de enfermagem prioritárias para os dois DEs estudados, com título e definição descritas na NIC, e uma escala Likert de cinco pontos, destinada à pontuação conforme seu grau de importância na opinião dos peritos. O segundo instrumento se constituiu pelas intervenções validadas previamente na etapa anterior com o seu título e definição e a lista de atividades que compõe cada uma delas, que também foram pontuadas em escala Likert. Os dados foram analisados pela estatística descritiva, considerando-se a média ponderada dos escores. Foram validadas como intervenções e atividades principais as que obtiveram média ponderada acima de 0,80, como complementares as que obtiveram média entre 0,50 e 0,79 e não essenciais as que obtiveram média abaixo de 0,50. Obteve-se uma intervenção de enfermagem considerada principal, tanto para o DE Volume de líquidos excessivo quanto para o DE Risco para desequilíbrio no volume de líquidos. Os resultados indicaram que, para o DE Volume de líquidos excessivo, foram consideradas uma intervenção principal e três complementares. Para a intervenção principal, foram validadas também suas atividades, sendo de um total de 28, seis consideradas principais, 18 complementares e quatro não essenciais. Para o DE Risco para desequilíbrio no volume de líquidos encontrou-se a mesma intervenção principal, duas complementares e uma não essencial. Para a intervenção principal sete atividades foram validadas como principais, 17 como complementares e quatro como não essenciais. As implicações para a prática de enfermagem são as que contribuíram no aprimoramento do conhecimento dos enfermeiros acerca das intervenções e atividades para os DEs estudados e que servirá de auxilio no desenvolvimento de novas propostas de DEs para pacientes em TRS, questão ainda em desenvolvimento na instituição de ensino campo desta pesquisa.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37519
Arquivos Descrição Formato
000822400.pdf (422.1Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.