Repositório Digital

A- A A+

Competência informacional e geração z: um estudo de caso em duas escolas de Porto Alegre

.

Competência informacional e geração z: um estudo de caso em duas escolas de Porto Alegre

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Competência informacional e geração z: um estudo de caso em duas escolas de Porto Alegre
Autor Fagundes, Marina Miranda
Orientador Bonotto, Martha Eddy Krummenauer Kling
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Biblioteconomia.
Assunto Biblioteca escolar
Competência informacional
Geração Z
[en] Information literacy
[en] School library
[en] School research
[en] Z generation
Resumo O crescimento exponencial de informações disponíveis e a facilidade de acesso à internet requerem o uso de certas habilidades para a informação ser utilizada de maneira ética e qualificada. A competência informacional constitui uma série de aptidões que levam ao aprendizado independente e auto orientado, como o reconhecimento da necessidade da informação, avaliação das fontes, interpretação e uso ético e crítico da informação. A biblioteca escolar figura como uma das primeiras entidades que podem orientar o aluno quanto à competência informacional, através do auxílio à pesquisa escolar. Contudo, os alunos que frequentam as escolas atualmente pertencem a chamada geração Z, a qual já nasceu em um mundo com facilidade de acesso às novas tecnologias e à informação, e estes já não frequentam tanto a biblioteca como as gerações anteriores. A fim de averiguar quais as competências informacionais dos jovens de escolas públicas de Porto Alegre, nativos de uma era digital, que estão deixando o ensino médio para ingressar na universidade e/ou mundo do trabalho, o objetivo deste estudo foi avaliar aspectos específicos da competência informacional dos alunos do segundo semestre do 3º ano do ensino médio da Escola Municipal de Ensino Médio Emílio Meyer e da Escola Técnica Estadual Senador Ernesto Dornelles, no ano de 2011. Para atingir os objetivos foram aplicados questionários e realizadas entrevistas com alunos e bibliotecários das instituições. Os dados foram analisados e interpretados qualitativa e quantitativamente, e posteriormente comparados aos Sete Pilares da competência informacional. Os resultados evidenciam a preferência dos alunos pela pesquisa da internet e também que os mesmos não podem ser considerados competentes em informação, pois a maioria não utiliza a informação encontrada em suas pesquisas de maneira ética e qualificada. Ao final, considera que a competência informacional desta nova geração merece muito mais atenção por parte dos educadores e bibliotecários do que está recebendo agora, e que estes necessitam adaptar-se e manter-se em constante atualização para efetivamente trabalhar da melhor maneira possível com esta geração.
Abstract The exponential growth of information available and the ease access to Internet required to use certain skills to use information ethically and qualified. The information literacy is a set of skills that lead to independent learning and self-oriented, as recognition of the need for information, evaluation of sources, interpretation and ethical and critical use of the information. The school library appears as the first entity that enables the student to refer to information literacy, research assistance through the school. However, students who attend schools currently belong to so-called Z generation, who was born in a world with easy access to new technologies and information, and they no longer attend both the library as previous generations. In order to ascertain the information competencies of young people from public schools in Porto Alegre, native of the digital age, who are leaving school to enter university and / or labor market, the objective of this study was to evaluate specific aspects of information literacy students of the second half of the 3rd year of high school at the Escola Municipal de Ensino Médio Emilio Meyer and Escola Técnica Estadual Senador Ernesto Dornelles in the year 2011. To achieve the objectives were administered questionnaires and interviews with students and librarians of the institutions. Data were analyzed and interpreted qualitatively and quantitatively, and then compared to the Seven Pillars of information literacy. The results show the preference of students for internet research and also that they can not be held responsible for information, because most do not use the information found in their research in an ethical and qualified way. In the end, believes that information literacy in this new generation deserves much more attention from educators and librarians than they are receiving now, and they need to adapt and stay constantly updated to effectively work the best way possible with this generation.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/37536
Arquivos Descrição Formato
000819864.pdf (1.432Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.