Repositório Digital

A- A A+

Coexistence of halloysite and kaolinite: a study on the genesis of kaolin clays of Campo Alegre basin, Santa Catarina State, Brazil

.

Coexistence of halloysite and kaolinite: a study on the genesis of kaolin clays of Campo Alegre basin, Santa Catarina State, Brazil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Coexistence of halloysite and kaolinite: a study on the genesis of kaolin clays of Campo Alegre basin, Santa Catarina State, Brazil
Autor Oliveira, Marisa Terezinha Garcia de
Furtado, Sandra Maria de Arruda
Formoso, Milton Luiz Laquintinie
Eggleton, Richard A.
Dani, Norberto
Resumo O caolim da Bacia de Campo Alegre, Estado de Santa Catarina, Brasil, formou-se da alteração de rochas vulcânicas ácidas. A haloisita predomina na fração argila da matriz do corpo de caolim, enquanto a caolinita, de baixa cristalinidade, é abundante nos veios. Algumas estruturas em blocos, primários, têm altos teores de ilita em uma mina, mas no geral, somente foram identificadas, na fração argila das amostras, baixas quantidades de ilita-esmectita, ilita, clorita-vermiculita, vermiculita e quartzo. Em direção ao topo das minas aparecem hematita e lepidocrocita em níveis vermelhos e ocres e as quantidades de caolinita aumentam, se comparadas às de haloisita. O zoneamento vertical dos níveis de alteração, as mudanças mineralógicas, a correlação positiva entre profundidade e Capacidade de Troca de Cátions das argilas, a preservação de diferentes tipos de textura de rochas nos corpos de caolim e o predomínio da morfologia tubular da haloisita indicam uma origem supergênica para os depósitos. São discutidos critérios para distinguir entre caolins supergênicos e hipogênicos. A Microscopia Eletrônica de Transmissão das secções transversais dos tubos de haloisita mostrou formas poligonais que são atribuídas a transições entre caolinita e haloisita. Propõe-se que algumas das caolinitas destes depósitos sejam herdadas da desidratação de tubos de haloisita.
Abstract Kaolin at Campo Alegre Basin, Santa Catarina State,Brazil was formed from alteration of volcanic acid rocks. Halloysite clays dominate the clay fraction of the matrix of the kaolin body, whereas a poorly crystalline kaolinite is abundant in veins. Some primary blocky structures have high amounts of illite, in one mine, but in general, only low contents of illite-smectite, illite, chlorite-vermiculite, vermiculite and quartz were identified in the clay fraction of the samples. Toward the top of the mines, hematite and lepidocrocite appear in horizontal red and ochre colored levels and the amount of kaolinite increases compared to halloysite. The vertical zoning of alteration levels, the changes in mineralogy, the positive correlation between depth and Cation Exchange Capacity of the clays, the preservation of different types of rock textures in the kaolin bodies, the dominant tube morphology of the halloysite clays indicate a supergene genesis for the deposits. Criteria to distinguish between supergene and hypogene kaolin are discussed. Transmission Electron Microscopy of the cross sections of halloysite tubes showed polygonal forms that are ascribed to be transitional between kaolinite and halloysite. It is proposed that some of the kaolinite of these deposits be inherited from the dehydration of halloysite tubes.
Contido em Anais da Academia Brasileira de Ciências= Annals of the Brazilian Academy of Sciences. Vol. 79, n. 4 (Dez. 2007),p. 665-681
Assunto Geoquímica
[en] Clay genesis
[en] Halloysite
[en] Halloysite morphology
[en] Kaolin
[en] Kaolinite
[en] Weathering
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/37614
Arquivos Descrição Formato
000621264.pdf (1.521Mb) Texto completo (inglês) Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.