Repositório Digital

A- A A+

A escola formalista na matemática e seu impacto sobre a ciência econômica

.

A escola formalista na matemática e seu impacto sobre a ciência econômica

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título A escola formalista na matemática e seu impacto sobre a ciência econômica
Autor Bussmann, Tanise Brandão
Orientador Araujo, Jorge Paulo de
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Ciências Econômicas. Curso de Ciências Econômicas.
Assunto Ciência econômica
Economia matematica
Teoria econômica
[en] Axiomatic method
[en] Formalism
[en] Mathematical analogy
[en] Mathematical economics
[en] Mechanical analogy
Resumo Este trabalho tratará de analisar a teoria formalista na matemática e suas implicações na teoria econômica. Buscando contextualizar a escola, será feita uma exposição da Crise dos Fundamentos, assim como as demais escolas que, junto com a escola formalista, buscaram resolver esta crise. A tentativa formalista de resolver a Crise dos Fundamentos é frustrada pelo Teorema da Incompletude de Gödel, mas a utilização do modus operandi formalista seguiu de forma importante na teoria econômica. Será realizada uma descrição dos principais teóricos formalistas – David Hilbert, John von Neumann e Nicolas Bourbaki –, caracterizando os avanços realizados por eles. Mostraremos os desenvolvimentos de von Neumann e de Debreu aplicando o método formalista à teoria econômica. Será exposta a forma como a teoria formalista influenciou a teoria econômica, afastando-a da empiria e utilizando mais abstrações, como as modelagens. As críticas que surgiram pela aplicação destes métodos também serão objeto de análise.
Abstract This work seeks to analyze the mathematic formalist theory and its implications in economic theory. Seeking to contextualize this school, it will be done an exposition of the Mathematics Foundations Crisis, as the other schools that, with formalist school, tried to solve this crisis. The formalist attempt of solving the Foundations Crisis is frustrated by Gödel Incompleteness Theorem, but the formalistic modus operandi continued useful in mathematics. It will be realized a description of the main formalistic theorists – David Hilbert, John von Neumann and Nicolas Bourbaki –, characterizing the advances made by them. We will show von Neumann and Debreu development applying the formalistic method in economic theory. Will be shown the way that formalist theory influenced economic theory, moving it away from empirism and using more abstractions, as modeling. The critics that arise by the application of this methods will be analyzed too.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/38313
Arquivos Descrição Formato
000822752.pdf (875.6Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.