Repositório Digital

A- A A+

Análise cronoestratigráfica baseada em conodontes da Formação Itaituba (Pedreira Calminas), Atokano da Bacia do Amazonas - Brasil

.

Análise cronoestratigráfica baseada em conodontes da Formação Itaituba (Pedreira Calminas), Atokano da Bacia do Amazonas - Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise cronoestratigráfica baseada em conodontes da Formação Itaituba (Pedreira Calminas), Atokano da Bacia do Amazonas - Brasil
Autor Cardoso, Cassiane Negreiros
Orientador Lemos, Valesca Brasil
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Geociências. Programa de Pós-Graduação em Geociências.
Assunto Amazonas, Bacia do
Bioestratigrafia
Conodontes
Estratigrafia
[en] Amazonas basin
[en] Biostratigraphy
[en] Conodonts
[en] Pennsylvanian
Resumo Conodontes são microfósseis potencialmente úteis para bioestratigrafia e em reconstruções paleoecológicas de rochas sedimentares paleozóicas e do Triássico. Desta forma, este estudo apresenta a classificação taxonômica e o estabelecimento das condições biocronoestratigráficas e paleoecológicas nas quais estes organismos viveram, bem como uma revisão do estágio atual do conhecimento a respeito dos conodontes e de seu aparelho alimentar. A seção analisada pertence à Formação Itaituba, Grupo Tapajós, Pensilvaniano da Bacia do Amazonas. A área de estudo localiza-se a Nordeste da cidade de Itaituba, às margens do Rio Tapajós, em um afloramento da Pedreira Calminas. A distribuição dos conodontes reconhecida define duas biozonas: uma Zona de Amplitude Diplognathodus orphanus e uma Zona de Concorrência Idiognathodus incurvus-Idiognathoides sinuatus. As espécies Diplognathodus coloradoensis, Diplognathodus orphanus e Idiognathodus incurvus formam uma associação tipicamente atokana. Baseando-se na associação descrita, a seção analisada foi definida como atokana. A espécie de melhor resolução bioestratigráfica é Diplognathodus orphanus, sendo sua distribuição restrita ao Atokano. O ambiente deposicional dominante na Bacia do Amazonas durante o Pensilvaniano é caracterizado por uma rampa carbonática rasa. Os depósitos estudados refletem uma sequência predominantemente regressiva, com a presença de gêneros de águas mais rasas, tais como Adetognathus, Diplognathodus e Ellisonia. A ocorrência de conodontes associados a braquiópodes, briozoários, crinóides e fragmentos de peixes sugere que estes estratos foram depositados em paleoambiente marinho raso, com energia de sedimentação baixa a moderada, em águas calmas, límpidas e quentes. No regime de flutuações de alta freqüência do nível do mar, os principais ambientes deposicionais eram laguna (submaré) e planície de maré (intermaré superior-supramaré inferior com tapetes microbiais).
Abstract Conodonts are useful microfossils for biostratigraphy and paleoecological reconstructions in Paleozoic and Triassic sedimentary rocks. This research aims to their taxonomic classification and to establish the biochronostratigraphic and paleoecological conditions in which these organisms lived. Furthermore, this study reviews the current knowledge about conodonts and their feeding apparatus. The section analyzed belongs to Itaituba Formation, Tapajos Group, Pennsylvanian of the Amazon Basin. The study area is located northeast of Itaituba city, on the banks of the Tapajós River, in an outcrop of Calminas Quarry. The distribution of conodonts recognized defined two biozones: Diplognathodus orphanus Amplitude Zone and Idiognathodus incurvus-Idiognathoides sinuatus Competition Zone. The species Diplognathodus coloradoensis, Diplognathodus orphanus and Idiognathodus incurvus are typically an Atokan association. Based on the association described, the section analyzed was defined as Atokan. The specie with better biostratigraphic resolution is Diplognathodus orphanus, because its distribution is restricted to the Atokan. The depositional environment prevailing in the Amazon Basin during the Pennsylvanian is characterized by a shallow carbonate ramp. The deposits studied reflect a predominantly regressive sequence, with the presence of shallow water genera, such as Adetognathus, Diplognathodus and Ellisonia. The occurrence of conodonts associated with brachiopods, bryozoans, crinoids and fish fragments suggests that these strata were deposited in a shallow marine environment, with low to moderate energy, in calm, clear and warm waters. In high frequency sea level fluctuations regime, the main depositional environments were lagoon (subtidal) and tidal flat (upper intertidal-lower supratidal with microbial mats).
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/38629
Arquivos Descrição Formato
000824105.pdf (111.9Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.