Repositório Digital

A- A A+

Recreio, que espaço é esse?

.

Recreio, que espaço é esse?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Recreio, que espaço é esse?
Autor Prates, Vera Terezinha
Orientador Collares, Darli
Data 2010
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Educação. Curso de Pedagogia: Ensino a Distância: Licenciatura.
Assunto Afetividade
Brincadeira
Jogos pedagógicos
Recreio
Socialização
Resumo Este trabalho é resultado de uma intervenção no recreio escolar. Após observar que durante o intervalo os alunos tinham muitas atitudes agressivas, voltavam para a sala de aula machucados e muito agitados, passei a questionar sobre esse espaço reservado para recrear. Será que o recreio escolar como está acontecendo, está contribuindo para a aprendizagem das crianças? Como este espaço é organizado? A escola tem projeto para o recreio? Como a escola percebe o recreio e qual o valor que ele tem no contexto escolar? Partindo destes pressupostos e acreditando que o brincar tem papel importantíssimo na vida da criança, por ter influência no desenvolvimento cognitivo, afetivo e psicomotor, pois oferece oportunidades de conviver em harmonia com as diferenças é que foi desenvolvido este projeto de recreio. Busquei alternativas para proporcionar, durante o recreio, atividades desafiadoras e interessantes, que desenvolvam a criatividade, a socialização, a afetividade e a conscientização ambiental. Pesquisei em obras pedagógicas referências teóricas sobre alguns conceitos como: espaço escolar, recreio, ludicidade, afetividade, socialização e suas influências na formação do educando. Após o desenvolvimento do projeto também foi realizada uma pesquisa, por meio da aplicação de um questionário para obter informações do que mudou do recreio. Como está o recreio após o projeto e quais sugestões para que ele fique melhor. Por meio da pesquisa realizada foi constatado que a ludicidade tem um papel fundamental para desenvolvimento de habilidades, uma vez que as falas das crianças deixaram claro que as brincadeiras e jogos foram importantes, pois tornaram o momento de intervalo mais alegre, democrático e participativo. Os brinquedos construídos pelos alunos foram todos utilizados, diminuindo o nível de agressões durante o intervalo. As relações de amizade foram construídas com base no respeito mútuo e no diálogo. Diante dos resultados obtidos através da pesquisa, percebe-se a importância de um planejamento para esse momento de intervalo até então esquecido do contexto escolar. Motivados por essa comprovação, os educadores têm a expectativa de que a partir de então, a escola tenha um novo olhar para o recreio e que perceba a importância de haja um projeto específico para este espaço que venha atender as necessidades dos educando.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/39553
Arquivos Descrição Formato
000825119.pdf (167.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.