Repositório Digital

A- A A+

Os servidores públicos e as metas institucionais : quem sai fortalecido?

.

Os servidores públicos e as metas institucionais : quem sai fortalecido?

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Os servidores públicos e as metas institucionais : quem sai fortalecido?
Autor Pastório, Sinara Aparecida
Orientador Baldi, Mariana
Data 2010
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Administração. Curso de Especialização em Negociação Coletiva a Distância.
Assunto Avaliação de desempenho
Negociação
Serviço público
[en] Interpersonal relationships
[en] Management
[en] Negotiation
[en] Subjectivity
Resumo Estudo de Caso realizado junto a servidores públicos do INSS, com abordagem qualitativa, objetivando investigar qual a importância que o contexto social dos servidores tem para os gestores de duas unidades de Atendimento da Previdência Social em Porto Alegre quando conduzem e participam de processo de negociação coletiva. Os sujeitos da pesquisa foram dois gestores e sete servidores das duas Unidades. Realizaram-se entrevistas semiestruturadas com análise de conteúdo baseada em Minayo (2002). Foram identificados conceitos importantes que se relacionam com a Gestão, tais como: visão sistêmica, relações interpessoais, negociação, subjetividade e qualidade de vida. Os resultados apontam para a existência de negociação não coletiva, mas fragmentada, denotando a utilização de poder. A comparação entre essas duas unidades permite a identificação de estilos distintos de gestão e a necessidade de profissionalização por parte da administração. Sugerem-se alternativas que visem, além de atingir as metas da Instituição, a melhoria da qualidade de vida no trabalho.
Abstract This case study was performed with public workers of the Brazilian National Institute of Social Security (INSS), using a qualitative approach, with the purpose to investigate how important the workers’ social context is to managers of two Social Security Service units in Porto Alegre when they conduct and participate in collective negotiation process. The study subjects were two managers and seven workers from the two units. Semi-structured interviews were performed and their content was analyzed based on Minayo (2002). Important management-related concepts were identified, which included: systemic view, interpersonal relationships, negotiation, subjectivity, and quality of life. Results show that negotiation is non-collective, but fragmented, hence denoting the use of power. Comparisons between the two units show they use particular forms of management and require professionalization of their administration staff. It is suggested they use alternatives that also aim at improving quality of life at work besides achieving the goals of the institution.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/40293
Arquivos Descrição Formato
000828001.pdf (850.5Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.