Repositório Digital

A- A A+

Estudo químico e biológico de espécies de croton (euphorbiaceae) nativas do Rio Grande do Sul

.

Estudo químico e biológico de espécies de croton (euphorbiaceae) nativas do Rio Grande do Sul

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Estudo químico e biológico de espécies de croton (euphorbiaceae) nativas do Rio Grande do Sul
Outro título Chemical and biological study of species of croton (Euphorbiaceae) native of Rio Grande do Sul
Autor Vunda, Sita Luvangadio Lukoki
Orientador Poser, Gilsane Lino von
Co-orientador Apel, Miriam Anders
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Farmácia. Programa de Pós-Graduação em Ciências Farmacêuticas.
Assunto Atividade antibacteriana
Croton
Euphorbiaceae
Oleos volateis
Plantas medicinais
[en] Amebicidal
[en] Antibacterial
[en] Euphorbiaceae
[en] Volatile oils
Resumo A família Euphorbiaceae destaca-se pela produção de compostos de importância industrial e alimentícia. Diversos representantes são de interesse devido à produção de óleos voláteis. São exemplos, espécies do gênero Croton que apresentam propriedades medicinais tais como anti-inflamatória, antimicrobiana e cicatrizante. Algumas espécies de Croton nativas do Rio Grande do Sul foram investigadas visando à análise dos óleos voláteis obtidos por hidrodestilação das partes aéreas das plantas. Foram coletadas três espécies em diversas localidades do Estado, sendo elas Croton pallidulus, C. isabelli e C. ericoides. A composição química dos óleos foi determinada por cromatografia à gás/ espectrômetria de massas. Sesquiterpenos e Monoterpenos foram os principais compostos identificados nos óleos de C. pallidulus, C. isabelli e C. ericoides. Adicionalmente, os óleos voláteis obtidos de cada espécie foram testados quanto a atividade frente a Acanthamoeba polyphaga. Tanto o óleo volátil de C. pallidulus quanto o de C. ericoides apresentaram atividade amebicida, porém este último foi mais ativo: na concentração de 0,5 mg/mL, foi capaz de inviabilizar 87% dos trofozoitos, enquanto que o óleo de C. pallidulus, na mesma concentração, inviabilizou apenas 29% dos trofozoítos. O óleo volátil de C. isabelli foi o que apresentou menor atividade, pois, numa concentração de 10 mg/mL, inviabilizou apenas 4% dos trofozoitos. Os óleos voláteis das três espécies mostraram efeito citotóxico através do método do MTT em células VERO. O óleo de C. ericoides, de maior atividade amebicida, foi também o que apresentou maior citotoxicidade. Além disso, os óleos voláteis de C. pallidulus e C. ericoides foram analisados quanto à atividade antibacteriana contra Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Pseudomonas aeruginosa usando o método de bioautografia. Verificou-se que os óleos de C. pallidulus e C. ericoides inibiram o crescimento de E. coli e S. aureus. Com relação a P. aeruginosa não houve inibição do crescimento da bactéria pelas duas espécies de Croton.
Abstract The family Euphorbiaceae has been highlighted by the production of compounds of industrial interest and importance for the food. Several representatives species are of interest due to production of volatile oils. Examples are species of Croton that have medicinal properties, such as anti-inflammatory, antifungal, antimicrobial and healing. Some species of the genus Croton, widely distributed in Rio Grande do Sul, were investigated in order to analyze the chemical composition of volatile oils obtained by hydrodistillation from the aerial parts of the plants. Three species were collected in different localities of Rio Grande do Sul, Croton pallidulus, C. isabelli and C. ericoides. The chemical composition of the oils was analyzed using gas chromatography coupled to mass spectrometry. Sesquiterpenes and Monoterpenes were the major compounds identified in the oils of C. pallidulus, C. isabelli and C. ericoides. Additionally, the volatile oils obtained from each species were tested for amebicidal activity against Acanthamoeba polyphaga. Both the volatile oil of C. pallidulus and that of C. ericoides showed activity against A. polyphaga, but the latter was more active: the concentration of 0.5 mg/mL, was able to kill 87% of trophozoites, while the oil of C. pallidulus, at the same concentration, killed only 29% of trophozoites. The volatile oil of C. isabelli was the one that showed less activity; in a concentration of 10 mg/mL, the oil killed only 4% of trophozoites. The volatile oils of the three species showed a cytotoxic effect in VERO cells determined by the MTT method. The oil of C. ericoides, the most active against the Acanthamoeba, presented also the highest cytotoxicity. .In addition, the volatile oils of C. pallidulus and C. ericoides were assayed for antibacterial activity against Staphylococcus aureus, Escherichia coli and Pseudomonas aeruginosa using the bioautography method. It was found that the oils of C. pallidulus and C. ericoides inhibited the growth of E. coli and S. aureus. With respect to P. aeruginosa no inhibition of bacterial growth by both species of Croton was observed.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/40406
Arquivos Descrição Formato
000825435.pdf (1.766Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.