Repositório Digital

A- A A+

Textos do Novo Testamento nas crônicas de Machado de Assis

.

Textos do Novo Testamento nas crônicas de Machado de Assis

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Textos do Novo Testamento nas crônicas de Machado de Assis
Autor Damasceno, Elenilto Saldanha
Orientador Sanseverino, Antônio Marcos Vieira
Data 2011
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Letras. Programa de Pós-Graduação em Letras.
Assunto Assis, Machado de, 1839-1908
Bíblia
Crítica literária
Crônica
Literatura brasileira
Literatura comparada
Novo Testamento
[en] Bible
[en] Chronicle
[en] Literature
[en] Machado de Assis
[en] Parody
Resumo Esta dissertação propõe a análise da presença dos textos do Novo Testamento nas crônicas de Machado de Assis. Dialoga com estudos sobre a relevância da Bíblia na formação do cânone da literatura ocidental e, entre eles, seleciona o pensamento de Northrop Frye como principal aporte para embasamento teórico sobre esse tema. Em seguida, estabelece relações entre alguns dos principais críticos da obra de Machado de Assis a respeito de seus projetos e sobre o diálogo do escritor com a tradição cultural. Sua produção cronística é o principal objeto de análise e, por isso, aborda características do gênero ―crônica‖, salienta e analisa alguns aspectos principais da crônica machadiana e também apresenta um debate aberto sobre um problema específico que desponta durante a pesquisa: a viabilidade da leitura que aproxima o narrador da crônica e o autor Machado de Assis, a partir das características do gênero textual na época da produção dos textos de Machado e das proposições de dois importantes estudiosos do grande escritor, Dílson Cruz Júnior e John Gledson. Por fim, apresenta análise prática detalhada sobre a presença dos textos neotestamentários nas crônicas de Machado em dois períodos distintos de sua produção literária: na fase inicial de sua atividade jornalística e na fase mais aperfeiçoada e produtiva do experiente cronista. O cruzamento analítico diacrônico entre esses textos confirma a constante recorrência e o aprimoramento do emprego do recurso da intertextualidade com os textos do Novo Testamento pelo autor, quase sempre revestidos de ironia e apoiados, principalmente, em procedimentos parodísticos. Através da rica observação do conjunto de elementos referenciais do Novo Testamento em suas crônicas, confirma-se o quanto os textos do cristianismo servem, também para Machado, como fonte de inspiração e representam aspecto importante para o entendimento das ressonâncias da Bíblia em sua criação literária.
Abstract This dissertation proposes to analyze the presence of the New Testament texts in the chronics of Machado de Assis. Dialogues with studies about the relevance of the Bible in the formation of the canon of the Western literature and, among them, selects the thought of Northrop Frye as the main contribution for theoretical basis about this topic. Next, establish relations between some of the leading critics of Machado’s work about his projects and about the writer’s dialogue with cultural tradition. His chronicler production is the main object of analysis and, therefore, addresses characteristics of the gender ―chronic‖, highlights and examines some key aspects of the chronics of Machado and also features an open debate about a specific problem that arises during the search: the feasibility of a approximate reading between the narrator and the author Machado de Assis, from the characteristics of the textual genre in the time of production of the texts of Machado and of the propositions of two important scholars of the great writer, Dílson Cruz Júnior and John Gledson. Finally, it presents detailed and practical analysis about the presence of the New Testament texts in the chronics of Machado in two distinct periods of his literary production: in the early stage of his journalistic activity and in the most refined and productive stage of the experienced chronicler. The analytical and diachronic intersection between these texts confirms the recurrence and constant improving in the utilization of the resource of the intertextuality with texts of the New Testament by the author, often coated with irony and supported, especially, in parodistic procedures. Through of the rich observation of the set of referential elements of the New Testament in his chronics, it is confirmed how much the texts of Christianity also serve to Machado as source of inspiration and represent an important aspect for understanding of the resonances of the Bible in his literary creation.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/49106
Arquivos Descrição Formato
000827239.pdf (1.221Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.