Repositório Digital

A- A A+

Abrindo o baú : museus familiares e a guarda de reminiscências

.

Abrindo o baú : museus familiares e a guarda de reminiscências

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Abrindo o baú : museus familiares e a guarda de reminiscências
Autor Crestani, Letíssia
Orientador Dalla Zen, Ana Maria
Data 2011
Nível Graduação
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Curso de Museologia: Bacharelado.
Assunto Memória de família
Museu familiar
[en] Family memories
[en] Family museums
[en] Heritage
[en] Museology
Resumo Este trabalho focaliza as práticas de guarda de memórias em museus familiares, com o objetivo de verificar como os universos familiares lidam com a fluidez dos tempos. A investigação, realizada sob abordagem qualitativa, e focaliza três casos para análise: a Casa João Luiz Pozzobon, da cidade de São João do Polesinê, o Museu Fragmentos do Tempo, da cidade de Mata e o Museu Casa Zinani, da cidade de Caxias do Sul. A metodologia incluiu pesquisa bibliográfica e a recuperação das memórias individuais através da história oral, a partir da coleta de depoimentos das pessoas relacionadas aos três museus, num total de três sujeitos. Inclui discussão sobre a tipologia e a formação desses três memoriais de família no interior do Rio Grande do Sul. Levanta questões sobre a importância da constituição e da manutenção de instituições museológicas de cunho familiar para o funcionamento das estruturas sociais. Analisa teoricamente a questão da transmissão das tradições e sobre as ideias e conceitos de pertencimento, bem como os conceitos e operacionalização relativos à memória. Focaliza-se nos motivos da criação de memoriais físicos para guarda das reminiscências familiares. Investiga e caracteriza a presença de agentes de guarda de memórias em famílias. Entre os resultados, constata a presença de tensões e/ou problemas com os personagens que guardam as memórias das famílias. Conclui ao questionar a falta de atendimento a esses museus familiares pelos órgãos responsáveis pela operacionalização das políticas nacionais de cultura do País ligados à Museologia.
Abstract This work focuses on guard practices of memories in family museums, with the goal of verifying how family universes deal with the fluidity of the times. The research, carried out under qualitative approach, and focuses three cases for analysis: Casa João Luiz Pozzobon, at the city of São João do Polesinê, the Museum Fragments of Time, at the city of Mata and the Museum House Zinani, at the city of Caxias do Sul, Brazil. The methodology included bibliographic search and retrieval of individual memories through oral history, from the collection of testimonies of people related to three museums and a total of three subjects. Includes discussion of the typology and the formation of these three family memorials in the interior of Rio Grande do Sul, Brazil. Raises questions about the importance of the establishment and maintenance of museological institutions familiar with the functioning of social structures. Examines theoretically the issue of transmission of the traditions and about the ideas and concepts of belonging, as well as the concepts and operation relating to memory. Focuses on the reasons for the creation of physical memorials to guard of family reminiscences. Investigates and characterizes the presence of guard agents of memories in families. Among the results, notes the presence of tensions and/or problems with the characters that keep the memories of families. Concludes questioning the lack of attendance to these family museums from the agencies responsible for the implementation of national political culture of the country linked to Museology.
Tipo Trabalho de conclusão de graduação
URI http://hdl.handle.net/10183/49273
Arquivos Descrição Formato
000828652.pdf (2.324Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.