Repositório Digital

A- A A+

Análise da publicidade de medicamentos veiculada em emissoras de rádio do Rio Grande do Sul, Brasil

.

Análise da publicidade de medicamentos veiculada em emissoras de rádio do Rio Grande do Sul, Brasil

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Análise da publicidade de medicamentos veiculada em emissoras de rádio do Rio Grande do Sul, Brasil
Outro título Analysis of non-prescription drug radio advertising in Rio Grande do Sul State, Brazil
Autor Heineck, Isabela
Gallina, Sara Maria
Silva, Tatiane da
Dal Pizzol, Felipe
Schenkel, Eloir Paulo
Resumo As propagandas de medicamentos veiculadas nas principais rádios do Rio Grande do Sul, Brasil, foram analisadas no período de agosto de 1995 a janeiro de 1996. Durante o período de observação foram documentadas 250 peças publicitárias referentes a 28 produtos. A maioria destas propagandas (>80%) não apresenta declarações quanto ao nome genérico, à composição, à posologia e ao laboratório fabricante do produto, infringindo, dessa forma, a legislação vigente no país. Além disso, um número significativo das peças publicitárias (39%) enfatizam a ausência de quaisquer riscos, mediante declarações como “Não tem contra-indicações”, caracterizando a indução ao uso indiscriminado. A análise mostra que os medicamentos são promovidos como produtos quaisquer, omitindo-se informações fundamentais a respeito de cuidados, reações adversas e contra-indicações.
Abstract Drug advertisements for non-prescription (over-the-counter) drugs on the main radio stations in the State of Rio Grande do Sul, Brazil, were analyzed as to the information provided about generic names, pharmaceutical company, composition, and dosage. From August 1995 to January 1996, 250 advertisements for 28 products were recorded. More than 80% of these advertisements provided no information on these topics and thus failed to comply with Brazilian legislation. On the contrary, a large number of advertisements (39%) emphasize absence of risks, with claims such as “no contraindications”, inducing consumers to use such drugs indiscriminately. The study showed that drugs were advertised like any other merchandise, with no concern over fundamental information such as product identification, precautions, and possible side effects.
Contido em Cadernos de saúde pública = Reports in public health. Rio de Janeiro. Vol. 14, n. 1 (jan./mar. 1998), p. 193-198
Assunto Medicamentos : Propaganda
Uso de medicamentos
[en] Drug
[en] Drug publicity
[en] Drug utilization
[en] Legislation
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/49500
Arquivos Descrição Formato
000317109.pdf (37.35Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.