Repositório Digital

A- A A+

Pesquisa de estafilococos coagulase positiva em camarões comercializados em diferentes apresentações

.

Pesquisa de estafilococos coagulase positiva em camarões comercializados em diferentes apresentações

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Pesquisa de estafilococos coagulase positiva em camarões comercializados em diferentes apresentações
Autor Born, Lucas Corrêa
Orientador Kindlein, Líris
Data 2012
Nível Especialização
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do sul. Faculdade de Veterinária. Curso de Especialização em Produção, Tecnologia e Higiene de Produtos de Origem Animal.
Assunto Camarões : Alimentação : Brasil
Coagulase positiva
Estafilococos
Materia prima : Origem animal
Staphilococcus aureus
[en] Positive coagulase
[en] Shrimp
[en] Staphylococcus aureus
Resumo Entre os produtos da pesca, o camarão é um alimento bastante apreciado pelos consumidores. Por ser um alimento de origem animal, o camarão oferece substrato ideal para o crescimento de inúmeros micro-organismos, inclusive muitos patogênicos, como o Staphylococcus aureus. Um dos principais meios de veiculação desta bactéria aos alimentos são os próprios manipuladores. O camarão é muito exposto a contaminações desde sua captura. A ausência de embalagem, no caso do camarão comercializado a granel, e retirada manual do cefalotórax e carapaça, no camarão descascado, expõem o produto a uma manipulação ainda maior, podendo aumentar o risco de contaminação. O presente trabalho teve como objetivo verificar a presença e realizar a contagem de Staphylococcus aureus e comparar os níveis de contaminação por este agente em camarões inteiros e descascados frescos, vendidos a granel, e em camarões descascados congelados, crus e cozidos, comercializados em um mercado no município de Porto Alegre. Como resultado, todas as amostras foram negativas para Staphylococcus spp., demonstrando que mais estudos devem ser realizados, principalmente abordando uma maior amostragem, para que seja possível relacionar os níveis de contaminação por S.aureus com as diferentes formas de apresentação do produto.
Abstract Among the fishery products, shrimp is one of the most appreciated foods by the consumers. Because it is food of animal origin, shrimp provides perfect substrate for the growth of several microorganisms, including many pathogens, such as Staphylococcus aureus. That bacteria is transmitted to food mainly by food handlers. Shrimps are exposed to contamination since their capture. The lack of package, in the case of bulk sale shrimp and the manual removing of cephalotorax and shell, in case of peeled shrimp, expose the product to more handling. This could mean an increased risk of contamination. The main goal of this research was to verify the presence and count S.aureus in fresh whole shrimps and fresh peeled shrimps, sold in bulk, and also in frozen peeled shrimps raw and cooked, collected in a market located in Porto Alegre. The results of bacteriological analysis were negative for S.aureus in every samples. These results demonstrate that more researches are necessary to relate or not the levels of S.aureus contamination and the different presentation forms of the product.
Tipo Trabalho de conclusão de especialização
URI http://hdl.handle.net/10183/49938
Arquivos Descrição Formato
000851785.pdf (361.8Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.