Repositório Digital

A- A A+

O cenário como signo em minisséries históricas : a linguagem do habitar em A Casa das Sete Mulheres

.

O cenário como signo em minisséries históricas : a linguagem do habitar em A Casa das Sete Mulheres

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título O cenário como signo em minisséries históricas : a linguagem do habitar em A Casa das Sete Mulheres
Autor Santini, Valesca Henzel
Orientador Oliveira, Lizete Dias de
Data 2012
Nível Mestrado
Instituição Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação. Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação.
Assunto A Casa das Sete Mulheres (Programa de televisão)
Minissérie de televisão
Semiótica
Televisão (Comunicação)
[en] Communication
[en] Historical miniseries
[en] Scenario
[en] Semiotics
[en] TV (television)
Resumo Este trabalho trata do cenário televisivo de minisséries históricas. A partir da observação do cenário da minissérie A Casa das Sete Mulheres, analisa de que forma os objetos que compõem o cenário televisivo atuam como um sistema de signos capaz de comunicar informações sobre uma época passada. Dois eixos teóricos fundamentam o trabalho: os pressupostos da Teoria Semiótica de Peirce, através das leituras de Lucia Santaella e João Batista Cardoso, tratam do conceito de signo; e os fundamentos da Teoria dos Objetos, de Abraham Moles, e do Sistema dos Objetos, de Jean Baudrillard, tratam da comunicabilidade dos objetos. Os procedimentos metodológicos adotados partem, primeiramente, da identificação dos elementos do cenário descritos nas matrizes histórica e literária, que deram origem à minissérie e foram os balizadores para a criação do cenário na televisão. Após, são elaboradas as análises dos cenários da minissérie televisiva, a partir de mapas de classificação de objetos, segundo critérios propostos na Teoria dos Objetos.
Abstract This work aims at TV scenarios of historical mini-series. Based on observations of (Brazilian) mini-series scenarios of A Casa das Sete Mulheres (‘The House of the Seven Women’ written by Maria Adelaide Amaral e Walter Negrão, based on the namesake novel romance written by the gaúcha writer Letícia Wierzchowski) this work analyzes how objects, which compose television scenario, work as a system of signs, and are able to communicate information about a past time. Two theoretical axis underlie this work: the principles of Semiotic Theory from Peirce, through reading viewpoints of Lucia Santaella e João Batista Cardoso, deals with the concept of sign; and the fundamentals of the Theory of Objects, from Abraham Moles, and the System of Objects, from Jean Baudrilliard, aim at the communicability of objects. Methodological procedures addressed initially started on the identification of scenario items in historical and literary matrices - in which the miniseries was created. After that, scenario analyses of the TV miniseries are made from maps of object classification, according to some criteria proposed by The Theory of Objects.
Tipo Dissertação
URI http://hdl.handle.net/10183/54311
Arquivos Descrição Formato
000850957.pdf (1.917Mb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.