Repositório Digital

A- A A+

Epidemiologia aplicada à pesquisa de determinantes da saúde infantil : fundamentos e métodos

.

Epidemiologia aplicada à pesquisa de determinantes da saúde infantil : fundamentos e métodos

Mostrar registro completo

Estatísticas

Título Epidemiologia aplicada à pesquisa de determinantes da saúde infantil : fundamentos e métodos
Outro título Epidemiology applied to the investigation of infant health determinants : basic concepts and methods
Autor Fuchs, Sandra Cristina Pereira Costa
Resumo Este artigo tem como objetivo discutir conceitos epidemiológicos essenciais e sua aplicação na investigação dos determinantes de doenças que acometem as crianças. A estruturação de uma pesquisa inicia, freqüentemente, pela formulação de uma hipótese e segue com a escolha de um delineamento, em que são definidos os fatores em estudo, o desfecho, a população a ser investigada e as estratégias empregadas na sua execução. Nos estudos observacionais (transversais, de coorte, de casos e controles), o investigador quantifica metodicamente os fenômenos a partir da observação, enquanto que nos experimentais (ensaio clínico randomizado), manipula ativamente a exposição. Os estudos transversais são os de mais fácil realização, pois o fator em estudo e o desfecho são aferidos simultaneamente em uma população definida. Nos estudos de coorte, caracteriza-se a presença ou ausência do fator em estudo, e segue-se a população por um período de tempo suficiente para identificar a ocorrência do desfecho. Nos estudos de casos e controles, os participantes são selecionados pela presença ou ausência de doença, e investigam- se as exposições pregressas que possam associar-se com o desenvolvimeto desta doença. O ensaio clínico é o delineamento experimental que mais se assemelha ao experimento de laboratório e permite que o investigador determine quem será exposto.
Abstract Epidemiologic principles and methods have been widely employed in clinical research. The purpose of this paper is to discuss basic epidemiological concepts applied to the investigation of the determinants of infant diseases. The theoretical framework outlines the hypothesis of the investigation. The design of the study is chosen accordingly. Exposure and outcome are defined, and the sampling criteria and the strategies for its implementation are specified. The researcher can be an observer ( as in cross-sectional, cohort and case-control studies) or can determine who will be exposed in the experimental studies (clinical trials). Cross-sectional study is the easiest one to conduct, since exposure and outcome are assessed simultaneously in a well-defined population. In a cohort study, a group of people is assembled according to the exposure and followed over time to detect who will develop the outcome. In a case-control study, people are selected based on disease status. Then, they are investigated about previous exposures which could be associated with the development of the disease. The investigator allocates the exposure and then follows the participants to assess the outcome in clinical trials. Contrasting with the experiment developed in laboratory, the subjects are human beings.
Contido em Jornal de Pediatria : Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. vol. 71, n. 3 (maio/jun. 1995), p. 132-138
Assunto Epidemiologia : Metodos : Pesquisa : Saude infantil
[en] Infant
[en] Intervention
[en] Methods
[en] Observational studies
Origem Nacional
Tipo Artigo de periódico
URI http://hdl.handle.net/10183/54348
Arquivos Descrição Formato
000175484.pdf (87.28Kb) Texto completo Adobe PDF Visualizar/abrir

Este item está licenciado na Creative Commons License

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(ões)


Mostrar registro completo

Percorrer



  • O autor é titular dos direitos autorais dos documentos disponíveis neste repositório e é vedada, nos termos da lei, a comercialização de qualquer espécie sem sua autorização prévia.
    Projeto gráfico elaborado pelo Caixola - Clube de Criação Fabico/UFRGS Powered by DSpace software, Version 1.8.1.